Policiais Militares do 1º Grupamento de Polícia de Alvarães (município a 531 quilômetros de Manaus) receberam informações, por volta das 11h deste domingo (11), de que um homem de 60 anos, teria sido assassinado com golpes de terçado, em uma localidade do rio Bawana, região da zona rural do município, localizado no Médio Solimões.

Devido à extensão e dificuldade de acesso, os agentes chegaram ao local no meio da tarde, se deslocando pelo rio Bawana em uma canoa com motor rabeta, chegando ao vilarejo de Nogueira, onde ocorreu o homicídio. Depois de várias diligências com os comunitários, os policiais prenderam, entre as comunidades de Cuqui de Cima e Cuqui de Baixo, respectivamente, Roberto Anderson Ferreira de Souza, vulgo “Caiçara”, de 18 anos, e Bruno Paulino dos Santos, vulgo “Jack”, de 21 anos, acusados de terem assassinado o homem de 60 anos.

Detidos, um dos acusados, Roberto, confessou o crime e disse que também foi ajudado por um terceiro envolvido que está escondido em uma outra localidade da região, mas que já está sendo procurado pela polícia. Roberto revelou também que a motivação do crime foi uma desavença entre eles, que bebiam cachaça na beira do rio. Ambos foram apresentados, por volta de meia-noite no 57º Distrito Integrado de Polícia na sede de Alvarães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here