Um tenente da Polícia Militar do Amazonas, lotado na 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), teve o nariz fraturado e sofreu lesões oculares durante o atendimento de uma ocorrência na manhã de domingo (02/12), no Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. A equipe policial estava apurando denúncias de tráfico de drogas na área quando desembarcou para tentar prender um suspeito em fuga. Durante revistas no local, a equipe foi vítima de agressões.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram partes do acontecimento, mas descontextualizam o fato que foi registrado na Avenida Hilário Gurjão com Rua Mamona. A região é alvo constante de denúncias de tráfico de drogas. Nesse dia, a guarnição estava apurando mais uma delas. Ao chegar às proximidades, um suspeito fugiu. Os policiais desembarcaram, mas não conseguiram capturá-lo.

Seguindo os procedimentos da ocorrência, os policiais revistaram algumas pessoas que estavam na área. Nesta ocasião, Jennyffer Wemylle Silva Matos, 18, iniciou uma confusão com os policiais que iriam revistar David Samia Nunes, 26 anos. Em conjunto, os dois atuaram na agressão dos policiais. No momento da confusão, outros populares, que estavam na área ingerindo bebidas alcoólicas, começaram a jogar garrafas de vidro na direção dos policiais.

O tenente da Polícia Militar teve o nariz fraturado e sofreu lesões no olho. Ele recebeu atendimento médico e deve ser submetido a um procedimento cirúrgico. Segundo a equipe policial, os suspeitos apresentavam sinais de aparente embriaguez.

Levantamento feito pela 30ª Cicom mostra que David responde a dois processos em tramitação na 4ª Vecute, relacionados a tráfico de drogas, além de outras passagens policiais por suspeita da mesma prática, e que Jennyfer já teve outra passagem policial por desacato, em 2015.

A Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública informa que instaurou uma sindicância investigativa para apurar o fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here