Policlínica Codajás completa 37 anos

A Policlínica Codajás, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) realizou, na tarde desta sexta-feira (25/06), em alusão ao aniversário de 37 anos, a inauguração de diversos setores da unidade de saúde.

O evento contou com a participação da secretária executiva adjunta de Assistência Especializada da Capital da SES-AM, Márcia Murad, da gerente de policlínicas, Liliana Melo, servidores da casa e demais autoridades.

Para o diretor geral da Policlínica Codajás, o fisioterapeuta Ráiner Figueiredo, estar à frente da unidade de saúde no momento tão especial de aniversário do órgão, entregando reformas feitas, é motivo de imensa comemoração. “Estar hoje nesse cargo, como gestor fazendo essas entregas de espaços, equipamentos é realmente uma satisfação muito grande, pois sabemos da total importância para os servidores e muito mais para toda a população”, declarou.

Entre as inaugurações, o auditório Raimunda de Souza Mendes foi totalmente revitalizado. Agora, o local realizará, com público reduzido devido à pandemia, cursos, palestras e simpósios. Além disso, o visitante tem à disposição para uso, o primeiro banheiro adaptado para pacientes ostomizados da rede pública do estado.

Outra importante mudança realizada aconteceu na área externa, com a criação do “Jardim Sensorial”, com serviço de jardinagem, pintura do local, banco de praça revitalizado e fontes de água, que transformaram o ambiente ao ar livre, em um lugar tranquilizador para atender pacientes com distúrbios sensoriais, motores e autistas em tratamento.

A farmácia ambulatorial da policlínica foi totalmente reformada, para receber o programa de Componentes Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF), que entrega aos pacientes os medicamentos de alto custo pós-consulta. A farmácia recebeu dois profissionais especializados nas áreas de farmacêutica e bioquímica, para melhor atender a todos.

A Clínica Especializada III, onde é realizado o programa Neonatal, recebeu reforma na parte de infraestrutura, higienização de pisos e de paredes. E o CER III passa por uma reforma de ampliação de espaços.

No setor de Imaginologia, toda estrutura física do espaço foi reformada com pinturas novas, móveis e a chegada do aparelho novo para sala de Raio-X e Ultrassom.

No setor de Ortopedia houve a reforma geral do espaço, com chegada de novos profissionais para atender aos usuários, aumentando o quantitativo de consultas com o especialista para, em média, 200 pacientes por dia.

A Policlínica Codajás – Em 26 de junho de 1984, foi inaugurado o Centro Previdenciário do Amazonas, por seu fundador, superintendente do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps), Ubaldino Meireles, no governo de Gilberto Mestrinho. Nascia, naquele momento, a unidade de saúde que se transformaria, posteriormente, na Policlínica Codajás.

Em 1988, o Governo Federal, após vários debates nacionais, implantou o Sistema Único de Saúde (SUS), passando o Posto Médico Francistur a se chamar Posto de Atendimento Médico Codajás (PAM da Codajás), atendendo, assim, não somente a clientela previdenciária, mas oferecendo atendimento de forma universal. Os quadros de recursos humanos, a estrutura física e os equipamentos continuaram os mesmos.

Em outubro de 2001, houve a junção dos PAMs Codajás e Centro, em virtude do início das obras de reforma do PAM Centro, que funcionava na avenida Getúlio Vargas. As equipes permaneceram juntas até o mês de outubro de 2009, quando o Governo do Amazonas na época reinaugurou o PAM Centro, chamado agora de Policlínica Governador Gilberto Mestrinho.

Hoje, a Policlínica Codajás e seus 500 funcionários atendem cerca de 30 mil pacientes mensalmente, em mais de 30 especialidades médicas, com exames e atendimentos ambulatoriais. Os programas são financiados pelos governos Estadual e Federal.

FOTO: Rodrigo Santos e Islânia Lima / SES-AM