As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

POLÍTICA: Defesa de Dilma à Comissão do Impeachment será entregue nesta tarde

O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, deve apresentar, na tarde de hoje, à defesa da presidente Dilma Rousseff à comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o processo de impeachment da presidente. José Eduardo Cardozo deve apresentar um documento com aproximadamente 100 páginas ao relator dos trabalhos da comissão, deputado Jovair Arantes, do PTB de Goiás. O advogado-geral da União também deve utilizar a palavra para sustentar que a presidente não cometeu crime de responsabilidade e, portanto, não pode ser impedida de governar. Após a defesa, o relator Jovair Arantes vai ter um prazo de até cinco sessões ordinárias para elaborar um parecer, que será discutido e votado pelos integrantes da comissão. Para ser aprovado, é necessária a maioria simples dos votos dos 65 deputados que integram o colegiado. A expectativa é de que o parecer seja votado na comissão no dia 11 de abril. Depois disso, o texto segue para o plenário da Câmara, que decide se instaura ou não o processo. Para que o pedido de impeachment siga a diante é preciso o voto de 342 deputados. Depois disso, a decisão segue para o senado, que pode invalidar ou avalizar o processo. Caso o Senado avalize a decisão da Câmara, a presidente da República é afastada por 180 dias, enquanto durar a análise do mérito das acusações contidas no pedido de impeachment.
Reportagem, João Paulo Machado

você pode gostar também