As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Polo Industrial de Manaus fatura R$ 40,82 bilhões até maio e aponta melhor resultado nos últimos seis anos

O Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou faturamento de R$ 40,82 bilhões no período de janeiro a maio deste ano, o que equivale a um crescimento de 10,75% em relação ao mesmo intervalo de 2018 (R$ 36,86 bilhões) e o seu melhor resultado dos últimos seis anos. Em dólar, o faturamento do PIM no mesmo período foi de US$ 10.63 bilhões, correspondendo a uma queda de 2,76% na comparação com janeiro a maio do ano passado (US$ 10.93 bilhões), considerando a variação cambial.

Nos cinco primeiros meses de 2019, quinze subsetores do PIM apresentaram crescimento real em relação ao mesmo intervalo do ano passado, incluindo segmentos representativos como Duas Rodas, Metalúrgico e Bens de Informática do Polo Eletroeletrônico. O segmento de Duas Rodas, por sua vez, foi o grande destaque do período, apresentando faturamento de R$ 6,13 bilhões e registrando crescimento de 14,25% em relação ao seu desempenho no mesmo intervalo de 2018.

Produção

A produção de condicionadores de ar no PIM apresentou crescimento no intervalo de janeiro a maio de 2019, tanto dos modelos split system (fabricação de 1.178.867 unidades e incremento de 8,98%) quanto dos modelos de janela ou de parede em corpo único (fabricação de 93.857 unidades e aumento de 25,31%).

Os produtos do Polo de Duas Rodas também tiveram destaque no período, com a fabricação de 894.121 unidades de motocicletas, motonetas e ciclomotas (o que corresponde a um incremento de 5,21%) e de 327.929 unidades de bicicletas, inclusive, elétricas (crescimento de 16,46%).

Outros produtos que também apresentaram resultados positivos incluem os aparelhos receptores de posicionamento global por satélite (GPS), com a fabricação de 34.101 unidades e crescimento de 44,15%, e de receptores de sinal de televisão, com a produção de 2.211.972 unidades e incremento de 34,08%.

Empregos

No mês de maio, o Polo Industrial de Manaus empregou 83.650 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados, o que corresponde a um crescimento de 1,28% na comparação com o mês de abril (82.591 trabalhadores) e a uma diminuição de 3,11% em relação a maio de 2018 (86.336 trabalhadores). Com os resultados apurados até maio, a média mensal de mão de obra do PIM em 2019 ficou estabelecida em 85.176 empregos.

Avaliação

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, avalia os números de janeiro a maio de 2019 como positivos, destacando especialmente o desempenho em alta do segmento de Duas Rodas e os projetos de investimento aprovados na última reunião do Conselho de Administração da Suframa, ocorrida em julho deste ano, como fatores que permitem fazer projeções otimistas para o restante do ano. “Também estamos em um momento diferenciado em todo o País, na expectativa de que as diversas reformas macroeconômicas sejam efetivadas e que, com elas, nossa produtividade e competitividade possam ser aprimoradas e repercutam no estímulo à atividade econômica como um todo e na geração de emprego e renda para a nossa população. Acreditamos que os cenários são positivos e temos expectativas de excelentes resultados até o final deste ano”, avaliou Menezes.

Texto: Diego Queiroz

você pode gostar também