População aprova novo mutirão de vacina realizado pela Prefeitura de Manaus

O novo mutirão de vacinação contra a Covid-19, promovido pela Prefeitura de Manaus, nesta terça-feira, 29/6, foi elogiado pela população em diversas zonas da capital amazonense. No total, 19 postos de imunização foram disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), sendo que sete das unidades funcionam em horário estendido, até as 21h, para atender pessoas com idade a partir dos 28 anos.

Aproveitando a abertura da nova fase da campanha de vacinação, o empresário José Dourado, 30 anos, escolheu a Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor de Freitas, localizada na Compensa, zona Oeste, para iniciar o seu processo de imunização. Ele não escondeu a emoção ao receber a primeira dose da vacina e admitiu que esperava ser vacinado apenas no fim do ano.

“Eu fico muito feliz por estar recebendo a primeira dose. Essa dose traz tranquilidade para poder trabalhar e ir para a faculdade. Achei muito positiva essa estratégia da prefeitura de acelerar a vacinação, porque achava que iria demorar até chegar na faixa etária dos 30 anos. Algumas pessoas falavam que só iria acontecer em outubro, outros falavam que seria em novembro, e nem terminou o primeiro semestre do ano e já fui vacinado”, enfatizou Dourado.

De acordo com o “Vacinômetro” (https://vacinometro.manaus.am.gov.br/), da Prefeitura de Manaus, até as 18h desta terça-feira, mais de 28 mil doses de imunizantes foram aplicadas nos 17 pontos de atendimento da cidade, uma média de 3 mil pessoas vacinadas por hora.

A industriária Daniele Gonçalves, 34 anos, aproveitou que o posto de vacinação instalado na UBS Deodato de Miranda Leão, na Glória, funcionou até as 21h para finalmente receber a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, doença que aterrorizou a sua família nos últimos seis meses.

“É muito emocionante estar aqui, porque eu já tive Covid-19 e essa é uma doença sem explicação. Fiquei muito ruim e fraca. Agora, estou aqui, recuperada e recebendo a primeira dose do imunizante que será tão fundamental para que possamos voltar a viver com a tranquilidade de antes. Graças a Deus consegui ser atendida muito rápido, até agradeço aos servidores daqui. Agora posso abraçar a minha família”, concluiu.

A vendedora Geane Kelly Freire, 30 anos, escolheu a UBS Dr. João Amazonas Palhano, localizada no São José 1, zona Leste de Manaus, para iniciar o processo de imunização contra o novo coronavírus. Ela enfatizou que agora vai se sentir mais segura para sair de casa para trabalhar.

“É muito gratificante para a gente que estava na fila pela vacina. Como trabalhadora, gostaria de ter recebido antes essa dose, mas agora chegou a minha vez. Tenho dois filhos, então, para mim, que estou todos os dias na rua, no ônibus lotado, com certeza é muito tranquilizante saber que iniciei o meu processo de imunização. Que estou com o meu corpo mais forte contra essa doença”, concluiu.

Texto – Thiago Fernando / Semcom

Foto – Altemar Alcântara / Semcom