As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Prefeito de Parintins em exercício constata abandono em escolas da zona rural

Parintins

O prefeito em exercício de Parintins, Maildson Fonseca, esteve nesta sexta-feira (27) vistoriando escolas municipais das comunidades São Sebastião do Boto, Divino Espírito Santo do Aduacá, Nossa Senhora das Graças do Aduacá, Santa Terezinha do Caburi e São Francisco do Palhal. Acompanhando o prefeito estiveram os vereadores Bertoldo Pontes, Renei Mocambo, Tião Teixeira e uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação, Juventude, Esporte e Lazer (Semed).

O prefeito em exercício e sua comitiva verificaram como estão as estruturas físicas e funcionais dos centros de ensinos para, junto à Semed, fazer as devidas adequações e melhorias.  Durante as vistorias, também constatou-se que praticamente todas as escolas encontram-se em estado de abandono devido à falta de manutenção. Além disso, verificou-se que na comunidade Nossa Senhora das Graças do Aduacá existe a construção de uma escola, fruto de convênio com o Governo Federal, em total abandono.

O prefeito em exercício classifica o estado de abandono da construção que está coberta por mato como lamentável. Segundo Maildson Fonseca, parte do recurso destinado à escola já foi repassado à empresa vencedora da licitação que não cumpriu com sua obrigações.

“Verificamos aqui que nem 10 % da obra foi feita. Lamentável o descaso com os recursos públicos. Isso aí não seria vanglória de quem conseguiu os recursos, de quem conseguiu os benefícios, mas sim ao povo que seria beneficiado com uma educação de qualidade. Constata-se que essa estrutura que foi iniciada está toda condenada. Daí não pode se aproveitar basicamente nada”, pontua.

Para a gerente dos programas e projetos da Secretaria de Educação, Rosineide Gonçalves, o estado da maioria das escolas visitadas é preocupante. A gerente garante que a partir da averiguação feita, a Semed planejará ações para reverter o quadro de abandono.

“As dificuldades são muitas, principalmente com a construção de escolas, pinturas e adequações de algumas situações estruturais. Mas nós vamos trabalhar para mudar esse quadro e buscar as melhorias em programas como o Água na Escola e Pronacampo, do Governo Federal”, complementa.

você pode gostar também