Amazonas Notícias

Prefeitura de Manaus apresenta resultados do programa ‘Minha Escola Saudável’

O resultado do trabalho multidisciplinar desenvolvido no programa “Minha Escola Saudável”, com mais de 8 mil estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), foi apresentado, nesta quinta-feira, 7/3. O encontro realizado no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul, reuniu representantes de vários setores da semed, gerentes pedagógicos, coordenadores de educação física e assessores da divisão do Programa Municipal Saúde do Escolar (PMSE). 

O programa desenvolve um trabalho multidisciplinar contínuo, buscando a mudança de comportamento relacionada aos hábitos alimentares e estilo de vida saudável no cenário da rede pública municipal de educação e na prevenção e controle da diabetes e obesidade.  

Com a participação de quatro unidades de ensino, a DDZ Oeste desenvolveu o projeto da modalidade de Badminton, beneficiando aproximadamente 150 alunos do 2º ao 8º ano. Para a assessora interdisciplinar de educação física, Josiane Feitosa Valle, o trabalho é realizado em parceria e tem resultados positivos. 

“É um projeto com cunho esportivo que propicia melhor qualidade de vida para os nossos alunos. O badminton não deixa de ser novidade em nossas escolas e passou para as famílias, ou seja, hoje nós estamos indo além do objetivo do projeto”, comentou.

De acordo com a coordenadora do programa na Semed, Regina Márcia, o momento foi de repassar aos demais profissionais, o projeto “Desafio Saudável”, que é uma ação importante dentro do próprio programa.

“Estamos repassando para os nossos colegas, que são parceiros em todas as nossas ações, o Desafio Saudável. Um integra o outro, porque o “Minha Escola Saudável” é um dos programas do governo municipal, mas é um dos poucos que tem um trabalho multidisciplinar. Não só com o esporte, trabalhamos também com a nutrição”, destacou.

Outros projetos 

A DDZ Rural conta com três escolas municipais, beneficiando com o projeto da modalidade de Remo, aproximadamente 50 estudantes do 1º ao 9º ano. Segundo o coordenador de educação física, Almeci Lucas, a zona Ribeirinha ganhou muito com a adesão da modalidade.

“O projeto de canoagem é muito importante, porque é uma forma do aluno se motivar nas aulas. Por meio do projeto se trabalha a disciplina, o cognitivo e o motor, e ele foi bem recebido, a escola está toda envolvida”, frisou.

—– —— —–

Texto – Paulo Rogério/ Semed

Fotos – Eliton Santos/ Semed

Relacioandos