Amazonas Notícias

Prefeitura de Manaus conclui pavimentação do Conjunto Canaã com melhoria de mobilidade urbana

A Prefeitura de Manaus anunciou a conclusão das obras de pavimentação no conjunto Canaã, localizado no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste da cidade, neste sábado, 9 de março. A iniciativa, realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), visa aprimorar as condições de tráfego e segurança para veículos e pedestres na região. A avenida Leste-Oeste, particularmente afetada por buracos agravados pelo período chuvoso, foi a última via a receber os trabalhos de asfaltamento.

Para o projeto, foram mobilizados 20 colaboradores e utilizadas 290 toneladas de massa asfáltica, além de equipamentos especializados como retroescavadeira, vibroacabadora, rolo compressor e caminhões. A abordagem adotada incluiu a fresagem, que consiste na remoção do pavimento antigo, seguida pela aplicação de uma nova camada asfáltica, prometendo uma solução mais duradoura e confortável para a condução.

Renato Junior, secretário de Obras, enfatizou o compromisso da administração municipal em melhorar a qualidade de vida dos moradores por meio de infraestrutura adequada. Segundo ele, a meta é assegurar uma mobilidade urbana eficiente e segura, alinhada à determinação do prefeito David Almeida de realizar intervenções urbanas que tragam benefícios diretos à população.

O conjunto Canaã agora se beneficia de vias totalmente recapeadas, um marco dentro do “Asfalta Manaus”, o maior programa de recuperação viária já implementado na capital. O programa já alcançou a marca de 2,7 mil vias recapeadas, caracterizando-se pelo uso de técnicas de fresagem para a remoção de asfalto desgastado e a aplicação de uma nova camada asfáltica com cinco centímetros de espessura, estabelecendo um novo padrão de qualidade nas obras de infraestrutura viária da cidade.

A Seminf também estende os trabalhos de recapeamento para outros bairros, como Compensa e Cidade Nova, continuando a investir na infraestrutura essencial para a mobilidade e qualidade de vida dos cidadãos manauaras.

Relacioandos