25.3 C
Manaus
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Prefeitura de Manaus discute técnica aprimorada de exame preventivo do câncer uterino em webconferência

Manaus, 31 de Janeiro – A Prefeitura de Manaus realizou, na tarde de quarta-feira, uma importante webconferência como parte do projeto “Diálogos na Atenção Primária à Saúde”, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O encontro virtual focou na técnica aprimorada de coleta do exame preventivo de câncer do colo do útero em meio líquido, considerada superior ao método convencional para rastreio dessa doença.

A sessão contou com a presença de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da Semsa e teve como palestrantes Meliza Souza, da Divisão de Atenção à Saúde da Mulher, e o farmacêutico-bioquímico Carlos André Costa, especialista em Citologia Clínica do Laboratório Municipal de Especialidades Prof. Sebastião Marinho.

Atualmente, a técnica de coleta em meio líquido está disponível em 37 unidades de saúde de Manaus, tornando a cidade pioneira entre as capitais brasileiras na oferta deste método pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Iniciado em maio do ano anterior em formato piloto, o método foi expandido para mais unidades após capacitação das equipes.

Durante a webconferência, os participantes abordaram questões sobre o registro do procedimento, técnicas de coleta, identificação de amostras e reforçaram as capacitações iniciadas no ano passado. Meliza Souza enfatizou as vantagens da citologia em meio líquido, como menor tempo para coleta e liberação de resultados, além de redução na taxa de amostras insatisfatórias e falsos diagnósticos.

Carlos André Costa detalhou o procedimento laboratorial e enfatizou a necessidade de cuidado especial na coleta, como a homogeneização da amostra, para evitar erros nos resultados.

O câncer do colo do útero é o tipo mais frequente entre mulheres em Manaus, com 420 casos novos estimados para 2023 pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). O exame preventivo, ou colpocitopatológico, é essencial para detectar lesões precursoras desse câncer e é indicado para mulheres entre 25 e 64 anos.

A webconferência faz parte das iniciativas da Semsa para promover educação permanente em saúde, envolvendo profissionais da secretaria em treinamentos e capacitações constantes, visando melhorar a qualidade do atendimento de saúde na atenção primária.

spot_img