As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Prefeitura de Manaus inicia fase de concretagem na bola da Samsung

Após receber implantação de 350 metros de tubulação subterrânea, a rotatória do Armando Mendes, conhecida como bola da Samsung, começou a receber nesta sexta-feira, 20/9, a primeira fase da concretagem do pavimento. O serviço está dentro do lote 3 das ações de revitalização das ruas do Distrito Industrial, executadas pela Prefeitura de Manaus, em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

O projeto, realizado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), vai alcançar 35 vias, distribuídas em três lotes, com custo total de R$ 136 milhões e é parte da programação dos 350 anos de Manaus, promovida pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

“O anel interno da rotatória já recebeu todos os serviços de base e sub-base e agora entramos na fase de concretagem. Após finalizarmos o anel interno, as equipes de obras começam a fresagem da segunda faixa da via, retirando o asfalto antigo, deteriorado pela ação do tempo para, então, seguirmos com os serviços de pavimentação”, explicou o engenheiro civil da Seminf, Edson Andrade Júnior.

O local recebeu implantação de nova rede de drenagem profunda, que precisou ser redefinida pelas equipes após detecção de uma rede de tubulação de gás. O tempo do serviço não foi alterado e ganhou celeridade para a preparação do solo e instalação da ferragem de base para aplicação de 50 metros cúbicos de massa de concreto ao longo dos 780 metros de extensão da pista.

Outra grande ação foi a instalação de novas caixarias coletoras, para receber águas pluviais, evitando alagamento nas áreas do entorno, e drenagem superficial com canaletas e meio-fio. O tempo de cura do pavimento rígido será de 28 dias e a área está isolada por tapumes.

A aplicação do concreto armado será dividida em três fases, para não prejudicar o acesso da região e manter o fluxo de veículos. O trânsito na área está sendo orientado pelos agentes da Gestão de Trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Todo o pavimento da rotatória será feito em concreto armado, para garantir rigidez ao solo, em vez de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), comumente utilizado nas obras de recapeamento da prefeitura.

Texto – Kell Vasquez / Seminf

Foto – Marinho Ramos / Semcom

você pode gostar também