As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Prefeitura de Manaus já ofereceu formação profissional para mais de dez mil pessoas este ano

Mais de 900 alunos de cursos profissionalizantes promovidos pela Prefeitura de Manaus receberam seus certificados de conclusão nesta terça-feira, 19/11, no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, Compensa, zona Oeste. O prefeito Arthur Virgílio Neto presidiu a cerimônia e destacou as ações voltadas à empregabilidade, empreendedorismo e aos jovens e adultos que buscam conhecimento, um lugar no mercado de trabalho ou se tornar dono de seu próprio negócio.

“Estamos investindo em capital intelectual, preparando as pessoas, sobretudo os jovens, para o mercado de trabalho, para melhores oportunidades”, afirmou o prefeito. Somente este ano, mais de 10 mil pessoas passaram pelos programas de qualificação da prefeitura.

“Quando começamos o governo, em 2013, nem de longe se poderia sonhar com uma mesa como essa, preocupada com a economia 4.0, com a quarta Revolução Industrial”, disse Arthur, destacando as parcerias conquistadas com as instituições de ensino para formação profissional. “As pessoas agora compreendem a diferença entre emprego e empregabilidade. Trabalhando e cultivando o desenvolvimento tecnológico, sempre se estará à frente”, completou.

Arthur lembrou ainda que no próximo ano o empreendedorismo e a inovação tecnológica ganham um polo de startups, no centro histórico. “E essa mesa fica maior ainda, com pessoas que tenham a ambição de ver um futuro bem melhor para a nossa cidade”, disse.

Também presente na cerimônia, o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto, destacou que um dos focos da administração do prefeito Arthur Neto é humanizar as ações da gestão, buscando dar melhor qualidade de vida à população. “Quem sai daqui com esse certificado hoje sai com mais chance de conquistar uma vaga no mercado de trabalho”, disse.

Os cursos foram ofertados, gratuitamente, pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), por meio de termos de cooperação técnica assinados com oito instituições de ensino, e fazem parte do programa “Manaus Mais Empreendedora” e do projeto “Sine Jovem”.

“O estudo gera liberdade, porque você começa a participar do mundo do trabalho, e quem continua estudando ganha a liberdade de ser procurado”, avaliou Marcelo Martielli de Almeida, representando as instituições parceiras do projeto. Ele destacou a visão dessas instituições em oferecer novas oportunidades aos jovens e adultos. “Se a instituição de ensino não se preocupar em gerar oportunidade, ela de fato não trabalha com a educação”, defendeu.

A grade de cursos foi feita para atender uma demanda do mercado de trabalho, detectada por meio de pesquisas feitas nos postos do Sine Manaus, onde foi constatada falta de profissionais qualificados na área da indústria, comércio e também na área do empreendedorismo.

“No início do ano tínhamos a meta de qualificar 10 mil pessoas e hoje isso já é uma realidade”, afirmou o secretário da Semtepi, Marco Pessoa. “A gestão correta do prefeito Arthur Neto tem nos colocado diante desse grande desafio e chegamos a esses números com custo zero para a prefeitura, com as parcerias público-privadas”, disse. Diariamente, a Semtepi divulga novas oportunidades de cursos e empregos nas redes sociais.

Texto – Jacira Oliveira / Semcom e Assessoria Semtepi

Foto – Mario Oliveira / Semcom

você pode gostar também