Amazonas Notícias

Prefeitura de Manaus lança aliança Pró-Saeb na rede municipal de ensino

Estudantes da Prefeitura de Manaus participam do 6° Simulado Pró-Saeb

Para firmar o compromisso em alcançar as metas projetadas para que a capital obtenha um dos melhores resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, na quarta e quinta-feira, 19 e 20/7, a cerimônia de assinatura da “Aliança Pró-Saeb Avança Manaus”, com os chefes das sete Divisões Distritais Zonais (DDZs) e diretores das unidades de ensino da rede municipal de Educação. O evento ocorreu no auditório da Semed, na avenida Maceió, zona Centro-Sul.

A ação é referente ao cumprimento da Lei n° 2.365, de 12 de novembro de 2018, que dispõe sobre o Programa de Incentivo e Valorização dos servidores lotados nas unidades de ensino, com melhor desempenho na educação infantil, no ensino fundamental e na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Na solenidade, a secretária municipal de Educação, Dulce Almeida, destacou a importância das escolas para colocar Manaus como uma das melhores capitais no Brasil em educação básica, com resultado da prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), no fim do ano.

“Esse evento é para dizer o quanto vocês são importantes nesse processo e também para firmar esse compromisso, pois a meta da prefeitura e da Semed para esse Saeb é ousada, mas com o esforço de todos vocês, em conjunto com seus educadores, é possível. Então, vamos nos dedicar, vestir a camisa da vitória para dar certo e para ano que vem comemoramos todo o esforço e dedicação”, disse a secretária. 

O programa tem o objetivo de valorizar os servidores que contribuíram para a melhoria dos resultados de aprendizagem dos estudantes, por meio do alcance ou superação das Metas Anuais definidas e pactuadas entre Semed e unidades de ensino.

Dessa forma, a Aliança Pró-Saeb Avança Manaus está pautada em critérios e metas definidas para cada etapa e modalidade de ensino, considerando os resultados históricos dos indicadores e matrícula inicial do ano de 2023 das DDZs e das escolas.

Na educação infantil, será avaliado o alcance ou superação do compromisso de desenvolvimento integral das crianças, Índice de Frequência dos Professores, participação dos pais nas reuniões de resultados trimestrais, Registro de Prática Pedagógica bem-sucedida.

Já no ensino fundamental, serão avaliados o alcance ou superação das metas dos estudantes alfabetizados nos 1º, 2º e 3º anos, Taxas de Aprovação, participação dos estudantes na segunda Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), meta do Saeb. Por fim, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) serão verificados o alcance ou superação das metas de estudantes alfabetizados na primeira etapa do primeiro segmento, taxas de aprovação dos estudantes, participação dos estudantes e acertos na segunda ADE, dentre outras metas estabelecidas e pactuadas.

Uma das gestoras que firmou o compromisso foi Maria Brasil, diretora da escola municipal Professora Francisca Lima da Rocha, no bairro Parque Riachuelo. Na unidade, são mais de 500 alunos matriculados e, desse total, 18 estudantes, do 5º ano do ensino fundamental, vão fazer a prova Saeb 2023.

Segundo Maria, o evento mostra o esforço para colocar Manaus entre os principais índices de educação básica do país.“Eu vejo todo um engajamento da secretaria, toda uma movimentação das DDZs, para que a gente atinja esse objetivo, e isso é bom, porque mostra que nós, gestores, não estamos sós nessa luta. Então, essa ação é muito válida. E, a expectativa da nossa unidade de ensino para esse Saeb é muito boa, e estamos juntos nesse processo”, afirmou.

Outra unidade que vai fazer a prova Saeb é a escola municipal Abílio Alencar, no quilômetro 35, da rodovia AM-010.  A unidade atende 564 alunos, sendo que, desse total, 96 estudantes do 9º ano do ensino fundamental vão realizar o exame.

O gestor da unidade, Tamilton Azevedo, frisou que a unidade só vai formalizar algo já desenvolvido desde o início do ano, ou seja, empenho e dedicação para a prova Saeb.

“Desde o início do ano, mesmo antes do lançamento do Educa+, a equipe toda já estava com compromisso de melhorar o aprendizado dos alunos e trabalhando para que a escola em si aumentasse o seu índice do Saeb. Então, hoje, nesse encontro, só vamos formalizar aquilo que nós já estamos fazendo em sala de aula, que é realmente trabalhar nossos alunos no  6º tempo, provendo professores de qualidade nas disciplinas, para que a gente possa alcançar esse índice tão esperado de ficar entre as melhores escolas, não só de Manaus, bem como de todo do Brasil”, reforçou.

— — —

Texto – Emerson Santos/ Semed

Fotos – Mário Oliveira/ Semed

Relacioandos