As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Prefeitura de Manaus mantém agentes de trânsito nas ruas, mesmo com decreto de teletrabalho

Governo 3

Serviço essencial à cidade, os trabalhos dos agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) não serão suspensos pela Prefeitura de Manaus, conforme estabelece o Decreto nº 4.789, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), desta terça-feira, 24/3, que prevê o regime de trabalho a distância para algumas secretarias e excetua as atividades consideradas essenciais de outros órgãos municipais, reduzindo as condições de contágio do novo coronavírus.

“Como determinou o prefeito Arthur Virgílio Neto, as atividades dos agentes de trânsito são indispensáveis para Manaus e não serão interrompidas. Mesmo com a recomendação de que as pessoas fiquem em casa nesse período de pandemia, quem precisa sair necessita de trânsito seguro e com fluidez”, explicou o diretor-presidente do IMMU, Francisco Bezerra. Ele acrescentou que o Disque-Trânsito permanece atendendo pelo telefone 0800 092 1188.

A fiscalização dos agentes permanece rotineira, para coibir estacionamento sobre calçada, em fila dupla, em áreas proibidas por sinalização e em guias rebaixadas, assim como o trânsito continuará sendo monitorado diariamente, para manter o ordenamento do tráfego de veículos e a segurança viária.

Governo 2

Zona Azul

A cobrança das vagas de estacionamento rotativo Zona Azul está suspensa, a partir desta quarta-feira, 25/3, por determinação do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, nas áreas do Centro e do conjunto Vieiralves, no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul. As medidas ocorrem por consequência do fechamento do comércio como prevenção à contaminação do coronavírus, causador da Covid-19.

O sistema de estacionamento rotativo oferta aproximadamente 3,4 mil vagas no Centro e na área do Vieiralves. A medida também leva em consideração a prevenção à saúde dos monitores do sistema. Apesar da suspensão de cobrança do Zona Azul, o trânsito continuará sendo monitorado pelos agentes do IMMU, tanto no Centro quanto no Vieiralves, assegurando o fluxo de veículos.

Foto – Arquivo / Semcom