Amazonas Notícias

Prefeitura de Manaus oferta ações e serviços de saúde durante ‘Semana do Migrante’

Prefeitura de Manaus deu início à “Semana do Migrante”, nesta quarta-feira, 19/6, com ações de saúde e reforço na oferta de serviços da atenção básica, acolhimento e orientação para migrantes, refugiados e apátridas que vivem na capital. A programação é promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e segue até o próximo dia 26, marcando as ações da pasta referentes ao Dia Nacional do Migrante, celebrado nesta quarta, e aos dias mundiais do Refugiado (20 de junho) e do Migrante (25 de junho).

A agenda da semana terá atividades em todos os Distritos de Saúde da Semsa, Norte, Leste, Oeste, Sul e Rural, com a oferta de serviços de triagem, consultas clínicas, agendamento de exames, atualização do cartão vacinal, orientações sobre saúde bucal, distribuição de kits odontológicos e de higiene, entre outros.

A programação inclui também rodas de conversa sobre temas como acolhimento humanizado aos migrantes e refugiados, direito de acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS), fluxos da rede de atenção primária à saúde, entre outras.

O objetivo da ação, conforme assinala o chefe da Divisão de Promoção de Equidade às Populações Vulneráveis da Semsa, Celso Cabral, é o de ampliar o acesso à atenção básica e fortalecer ações de prevenção e promoção da saúde voltadas à população migrante na capital.

“Mais do que ofertar ações e serviços, essa estratégia serve para acolher e informar essas pessoas, que muitas vezes não conhecem e não sabem como acessar os serviços de saúde disponíveis na rede de atenção primária do município”, aponta.

Com a “Semana do Migrante”, complementa Celso, a Semsa busca chamar a atenção da sociedade e dos próprios migrantes e refugiados que vivem em Manaus, para a importância do cuidado à saúde.

“A semana visa acolher e incluir o migrante no calendário de ações da saúde municipal, ofertando serviços importantes para esse público, como vacinação, acompanhamento de grávidas, pessoas com diabetes e hipertensão, além de questões relacionadas à saúde mental”, diz.

Atividades

Equipes técnicas de atenção e vigilância dos Disas da Semsa estão conduzindo as ações em diversas unidades de saúde da rede básica, além de comunidades da zona rural e espaços de apoio a migrantes.

No Disa Norte, as atividades nesta quarta-feira incluíram orientações sobre acesso à rede de saúde e de serviço social na Unidade de Saúde da Família (USF) Anna Barreto, no bairro Monte Sião, e a oferta de serviços de saúde, terapias integrativas e orientações em saúde na USF N-03, no bairro Cidade de Deus.

No Distrito Sul, equipes da USF Vicente Pallotti, na Praça 14, e USF Lourenço Borghi, no Japiim, apresentaram palestras aos usuários sobre o Estatuto do Refugiado, Lei nº 9.474/1997, entre outros temas, como parte da programação na área de abrangência do distrito.

Também nesta quarta-feira, equipes do Disa Oeste ofertaram consultas de enfermagem, atualização vacinal e orientações com profissionais de Odontologia, Psicologia e Assistência Social na Casa do Migrante Beato João Batista Scalabrini, no bairro Santo Antônio.

Outra das ações da “Semana do Migrante” no Disa Oeste será na sexta-feira, 21/6, com a oferta de serviços no Posto de Recepção e Apoio para Migrantes e Refugiados (PRA). Entre outros, serão ofertados testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites virais, coleta do exame preventivo e distribuição de kits odontológicos.

— — —

Texto – Jony Clay Borges / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa

Relacioandos