Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Prefeitura de Manaus reúne gestores para tratar sobre infraestrutura e logística das escolas

A Prefeitura de Manaus reuniu gestores escolares da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para discutir, ouvir e resolver os problemas relacionados principalmente com a questão da infraestrutura e logística na rede municipal de ensino, além de outros assuntos inerentes à pasta da administração. O encontro com os educadores iniciou na segunda, 24/5, em todas as zonas, e encerrou nesta sexta-feira, 28, na Universidade Paulista (Unip), no bairro Flores, zona Centro-Sul.

A ação contou com toda a equipe técnica da Subsecretaria Municipal de Infraestrutura e Logística (Infralog), além das empresas de manutenção das escolas, mão de obra terceirizada, prestadores de manutenção e serviços de ar-condicionado, além da equipe de segurança escolar. Entre os assuntos discutidos estão a vigilância das unidades de ensino, mão de obra terceirizada e necessidades básicas, como mesa de refeitório e quadro branco.

O subsecretário municipal de Infraestrutura e Logística (Infralog) da Semed, Marcelo Campbell, participou de toda a programação da semana com os gestores. Ele afirmou que o trabalho será intenso pelo abandono deixado, mas que tudo será resolvido, dentro das necessidades de cada escola.

“Eles ficaram muito tempo abandonados e desprestigiados pela parte da infraestrutura. O que a gente está fazendo é isso, ouvir os gestores, suas demandas, e o que a gente consegue resolver a curto prazo, planejar a médio e a longo prazo sobre as nossas ações, tanto de abastecimento nas escolas de todas as formas como imobiliário, de merenda escolar, material de expediente, enfim, ouvir as necessidades deles, que é muito importante, como nos determina o prefeito David Almeida”, explicou.

Satisfatório

A gestora Maria Lucilene de Oliveira Aquino, da escola municipal Arte e Cultura, bairro Coroado II, zona Leste, que atende 365 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, inclusive alunos inclusos, afirmou que a unidade de ensino já existe há 15 anos e teve um retorno de imediato ao seu pedido sobre os problemas.

“Essa reunião com o subsecretário Marcelo Campbell e toda equipe de infraestrutura foi de suma importância, pois fomos ouvidos em nossos pedidos. Há muito tempo, nós gestores não éramos ouvidos pelos subsecretários anteriores. Como disse aos professores da escola, fiquei até emocionada pela reunião por ver o subsecretário ali no meio de nós sentado, conversando sobre os problemas das escolas. A reunião foi na quarta-feira, e na quinta chegaram 14 aparelhos de ar-condicionado novos, em substituição aos que estavam desde a fundação da escola”, disse.

A gestora Sumaran Nunes Correa, da escola municipal Divino Espírito Santo, localizada na comunidade Bela Vista, igarapé do Jaraqui, no rio Negro, zona Ribeirinha, que atende 105 alunos, entre da educação infantil, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e do projeto Itinerante, foi outra que ficou satisfeita com a reunião.

“A reunião com a Subsecretaria de Infraestrutura e Logística é de suma importância para as escolas da zona Rural, pois as demandas são muitas e a maioria necessita de resoluções de curto prazo, mediante o retorno das aulas de forma híbrida. A oportunidade de sermos ouvidos e obtermos encaminhamentos positivos, quanto à resolução de alguns problemas enfrentados, são essenciais. O subsecretário, por sua vez, mostrou-se conhecedor de todas as situações e sensibilizado quanto às resoluções dos problemas apresentados, dando todos os encaminhamentos possíveis no momento”, comentou.

Texto – Paulo Rogério / Semed

Foto – Cleomir Santos / Semed

-publicidade-