Prefeitura e governo alinham nova parceria para manutenção de áreas públicas

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), iniciou, nesta segunda-feira, 19/7, mais uma ação de revitalização em área pública da cidade. Desta vez, a orla do Amarelinho, no bairro Educandos, zona Sul, começou a receber manutenção em toda a sua extensão. Os trabalhos fazem parte de mais uma ação de parceria entre a prefeitura e o governo do Amazonas. Os serviços são executados por meio do programa “Trabalhando a Liberdade”, da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que atua com mão de obra do regime penitenciário.

O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, e o titular da Semuslp, Sabá Reis, estiveram acompanhando os serviços, que contam com 35 apenados trabalhando na reforma do local, juntamente com servidores da prefeitura. A área recebe manutenção do gradil, limpeza, paisagismo, podagem, e implantação do mosaico tático.

Para Marcos Rotta, com o regime implantado entre a prefeitura e o governo foi possível revitalizar o Passeio do Mindu. “Foi uma ação inédita, histórica da gestão do prefeito David Almeida. Pela primeira vez na história da administração da nossa cidade, a Prefeitura de Manaus estabelece essa parceria com o governo do Estado, por meio da Seap, e revitaliza um espaço extremamente importante, que estava abandonado. Agora, estamos com a mesma intenção, ideia e ação na entrada da cidade de Manaus, que é a orla do nosso querido bairro Educandos, conhecido como ‘amarelinho’”, ressaltou.

Sabá Reis também salientou que a orientação do prefeito David Almeida é que as ações sejam estendidas para vários pontos da cidade de Manaus. “Queremos dar a outros locais o mesmo tratamento de sucesso que a gente conseguiu empreender no Passeio do Mindu. Vamos continuar essa parceria para revitalizar pontos importantes, como esse da Orla do Amarelinho, que está sendo feito com o apoio da Seminf, Semulsp e contando com o apoio imprescindível da Seap, através da mão de obra carcerária”, reforçou.

“É uma satisfação muito grande estarmos novamente fazendo essa parceria com a prefeitura. A primeira experiência que nós tivemos foi no Passeio do Mindu, onde pudemos provar que temos profissionais que são capacitados e preparados para realizar os mais diversos tipos de serviços com qualidade. Na praça, os internos estão trabalhando na revitalização de um espaço de lazer e turismo fundamental para a nossa cidade. É um fato que nesse tipo de trabalho todos saem ganhando, a sociedade, o poder público e os reeducandos, que podem reduzir suas penas”, afirmou o representante da Seap, coronel André Gioia.

Texto – Isabella Siqueira / Semulsp

Foto – Valdo Leão / Semulsp