Prefeitura entrega certificados a artistas pelos cursos de Imagem Pessoal e Marketing Digital

Nos dias 21 e 22/6, 78 artistas plásticos, músicos, escritores e dançarinos manauaras receberam certificados pelo treinamento de como cuidar da própria imagem e impulsionar suas carreiras com a conclusão dos cursos de Imagem Pessoal e Marketing Digital, ofertados pela Prefeitura de Manaus, por meio do edital “Qualifica Artista Manauara: o sucesso depende de você”, criado para impulsionar carreiras artísticas.

A ação é realizada por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e com o Conselho Municipal de Cultura (Concultura).

Por determinação do prefeito David Almeida, o edital tem o objetivo de dar assistência e apoiar as iniciativas e carreiras dos artistas e profissionais das artes, que têm passado pelo desafio de gerir suas carreiras no modo on-line, durante o período de pandemia da Covid-19. Foram oferecidas 100 vagas gratuitas, com132 interessados, sendo que 78 atenderam aos critérios exigidos. As aulas foram ministradas no espaço Escritório do Empreendedor, no centro comercial Galeria dos Remédios, no Centro.

Presente nas cerimônias de entrega dos certificados dos cursos, o presidente do Concultura, Tenório Telles, ressaltou os esforços do prefeito David Almeida em oferecer apoio institucional aos artistas para superar o período limitante da pandemia. Ele também destacou sua crença na educação como fonte permanente de transformação e evolução profissional e filosófica.

“Não há dificuldades e barreiras que não superemos com o poder do aprendizado contínuo. E a ferramenta digital, nesse mundo conectado, é um fator importante para o sucesso de um projeto artístico e da carreira profissional”, disse Telles.

Ele destacou o esforço de três artistas mães, com bebês lactantes, que levaram seus filhos e, apesar da dificuldade, concluíram o aprendizado com eles no colo. “É emocionante presenciar tanto interesse e esforço”, afirmou.

Telles anunciou que os treinamentos vão continuar e uma oficina de texto será o próximo a ser realizado aos artistas, como ferramenta para desenvolver suas obras artísticas e projetos de gestão de carreira.

A diretora de Qualificação da Semtepi, Rayana Pinho, complementou dizendo que os cursos voltados ao setor cultural tinham toda a estrutura, alimentação e instrutores gabaritados.

Programa permanente

“Os projetos e ações desenvolvidas, junto com o Concultura e demais secretarias parceiras, como a Semtepi, fazem parte de uma estratégia da gestão do prefeito David Almeida para ajudar o futuro dos artistas e muitos trabalhadores da indústria cultural”, ressaltou o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira.

Sobre o programa de treinamento e formação permanente, o secretário da Semtepi, Radyr Júnior, salientou que as ações em conjunto com outras secretarias potencializam os recursos e atendem ao maior número de pessoas. ”O Projeto ‘Qualifica Artista Manauara: o sucesso depende de você’ atende a uma orientação do prefeito e além de dar assistência emergencial, oferta também capacitação e qualificação profissional para todos os artistas residentes em Manaus”, destacou o secretário.

Carreiras impulsionadas

Entre as artistas mães, com filho em período de amamentação, Kina Kokama, artista plástica, grafiteira ligada ao movimento de hip hop, com forte presença nas redes sociais, fez questão de participar do curso para melhorar ainda mais e se atualizar. “Os conhecimentos de marketing digital são muito importantes para impulsionar nossas carreiras e nos tornar autossustentáveis, independentes do poder público, que vai poder apoiar novos artistas”, avaliou.

Os artistas indígenas marcaram presença no treinamento digital e o acesso ao novo mercado em grande escala que a internet abre para os produtos culturais. “Tivemos uma oportunidade de aprender como ter acesso a esse grande mercado através das mídias sociais e melhorar muito nossas vendas que já eram boas”, explicou o artista plástico, Francisco Maricaua, cacique de uma comunidade Kokama residente em Manaus.

Para o professor e escritor, Bruno Sena, formado em Letras e com boa base em mídia digital, o curso somou muito e atualizou os conhecimentos. “Eu estou me preparando para lançar minhas obras literárias, e este treinamento vai ajudar na gestão e impulsionamento da minha carreira”, declarou Sena.

Texto e Foto – Cristóvao Nonato / Concultura