Prefeitura entrega terceiro e quarto lotes do cartão ‘Auxílio Operação Cheia’ em cinco bairros de Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária (FMS), entregou 189 cartões do “Auxílio Operação Cheia 2021”, nesta segunda-feira, 19/07, às famílias beneficiadas nos bairros Aparecida, Glória, Presidente Vargas, São Geraldo e Centro, que foram atingidos pela subida do rio Negro.

A presidente do FMS, Dulce Almeida, afirma que quase quatro mil pessoas serão atendidas pela prefeitura, via auxílio. “Por determinação do nosso prefeito David Almeida, iremos atender essas pessoas que foram afetadas pela enchente em nossa cidade e com esse cartão elas poderão adquirir alimentação e outros produtos de primeira necessidade”, afirma.

Centenas de famílias foram afetadas pela enchente recorde de 2021, tanto na zona urbana quanto na área rural, o que prejudicou, também, as plantações de onde essas famílias tiravam seu alimento.

Para a dona de casa Maria Cleia Costa, 76 anos, o cartão chegou em boa hora para completar seu rancho e comprar produtos de limpeza. “O cartão vai me ajudar no meu almoço, vou poder comprar carne, arroz e produtos para limpar a sujeira que a água do rio deixou”, diz a moradora do bairro Aparecida.

A Defesa Civil já passou na casa dos beneficiários e juntamente com Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), a equipe técnica do Fundo Manaus Solidária fez o cadastro de famílias para receber o auxílio.

Para a moradora do bairro Presidente Vargas, Luana Tainá, o cartão será para comprar o gás de cozinha, que estava faltando em sua casa.

Beneficiários

A lista com os nomes dos beneficiários já está disponível no site do Manaus Solidária https://manaussolidaria.manaus.am.gov.br/, onde, também, é possível consultar os nomes dos locais que aceitam o cartão Avancard como pagamento.

A próxima entrega será nesta terça-feira, 20/7, no Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, na avenida Brasil, s/nº, bairro Santo Antônio, zona Oeste, de 9h às 14h.

Foto – Marcely Gomes / Semcom e Mário Oliveira / Fundo Manaus Solidária