Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Prefeitura fortalece atenção primária com entrada de médicos residentes

A Prefeitura de Manaus realiza até esta sexta-feira, 5/3, a Semana de Acolhimento e Contextualização da 10ª turma de médicos residentes do Programa de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade (PRMMFC), de forma remota. As atividades acontecem na Escola de Saúde Pública de Manaus (Esap), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul.

São 16 médicos residentes aprovados em processo seletivo realizado pela Comissão Estadual de Residência Médica e inseridos na Semsa por meio do Programa Mais Saúde (Promais), que tem o objetivo de contribuir para a formação e qualificação dos profissionais de saúde enfocando a Atenção Primária, prevenção e proteção à saúde a partir das necessidades dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O prefeito David Almeida explicou que o investimento na qualificação dos profissionais que vão atuar diretamente nas comunidades é uma prioridade da sua gestão. “Nossa proposta é criar condições para que as pessoas mais vulneráveis possam ter condições de desenvolver suas potencialidades. E a atenção primária, que é a porta de entrada do usuário do SUS, é fundamental nesse processo”, acentuou.

A programação on-line vem sendo desenvolvida desde o dia 1º/3, das 8h às 16h15, com abordagem dos temas: “O cenário da Atenção Primária à Saúde no município de Manaus”; “Vigilância em Saúde, Sistema de Informação do e-SUS”; “Sistema de Regulação” e outros. As metodologias foram criadas para possibilitar que os residentes tenham uma experiência imersiva nos serviços de saúde do município, com o aprendizado baseado em vivências do cotidiano das comunidades.
O último dia das atividades, nesta sexta-feira, 5/3, será destinado à visita dos residentes aos Distritos de Saúde em que vão atuar. A previsão é que eles já comecem os seus atendimentos na próxima semana.

Fortalecimento

A secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins, salientou que o impacto do Programa Mais Saúde nas comunidades é significativo porque fortalece a atenção primária no município de Manaus com resultados que ultrapassam a área da Saúde. “Quando a atenção primária é reforçada, os seus reflexos são sentidos na sociedade como um todo. Ao mesmo tempo, os médicos residentes vivenciam o SUS na prática, o que resulta em profissionais mais qualificados”, resumiu.

O Programa Mais Saúde Manaus é coordenado e implementado pela Escola de Saúde Pública de Manaus, que define as formas de participação conforme as necessidades do sistema, a partir de celebração de termo de convênio de cooperação técnica, conforme as especificidades de cada projeto.

Para o desenvolvimento do Promais são criados subprogramas, que têm duração de até dois anos, improrrogáveis, sem vínculo empregatício, desenvolvidos para atender demandas sociais e do SUS no município de Manaus.

Texto – Tânia Brandão / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

-publicidade-