Prefeitura integra operação para fiscalizar veículos apreendidos

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram, nesta quarta-feira, 7/7, a operação “Pátio Limpo”, para verificar irregularidades em veículos apreendidos pelos órgãos municipal e federal de trânsito. Entre as situações verificadas, estão veículos com chassis adulterados ou oriundos de roubos e outros crimes.

A operação ocorre, simultaneamente, no Maranhão e no Pará. Em Manaus, os agentes de trânsito do IMMU e policiais rodoviários federais estiveram no parqueamento da empresa VIP, no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul, onde ficam os veículos removidos pelo instituto municipal.

O vice-presidente do IMMU, Edson Leda, destacou que a operação tem o objetivo de devolver aos proprietários aqueles veículos apreendidos por algum motivo e a pessoa não consegue reaver o carro. “Nesta ação, nós abrimos o pátio para a PRF fazer verificação para saber quais veículos podem retornar aos seus proprietários originais. Com essas cooperações, quem ganha, sempre, é a população. Colocamos também nossos agentes de trânsito à disposição da Polícia Rodoviária, para que a população também veja que há transparência”, frisou.

De acordo com o coordenador da operação na capital do Amazonas, Jailson Gadelha, a ação faz parte de uma cooperação técnica entre os órgãos. “O foco é ressarcir aqueles veículos que podem voltar a circular. Onde houver cidades com esses pátios, há veículos que podem ter sido adulterados, uma realidade que ocorre no país inteiro.

E, para esse tipo de inspeção veicular, há necessidade de uma capacitação mais aprofundada e sistemas; a PRF tem um sistema muito bom de consulta, que ajuda nossos parceiros a desonerar de seus pátios os veículos com problemas”, disse.

Texto – Álisson Castro/IMMU

Foto – Sidney Mendonça/IMMU