Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Prefeitura intervém e concessionária inicia estudos para sanar falta d’água na comunidade Bom Pastor

A pedido da Prefeitura de Manaus, por meio da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), a concessionária Águas de Manaus iniciou estudos técnicos para solucionar, de forma definitiva, os problemas de abastecimento de água tratada na comunidade Bom Pastor, no bairro Colônia Santo Antônio, zona Norte de Manaus.

Conforme os relatos dos moradores, os problemas começaram a partir do surgimento das invasões localizadas nas proximidades, o que passou a prejudicar a rotina das famílias da comunidade, as quais precisam armazenar água à noite, para não comprometer os afazeres domésticos durante o dia.

Nesta semana, engenheiros da Ageman estiveram na rua 6 da comunidade, ouviram os moradores, acompanharam o fornecimento de água e constataram que, apesar de algumas intervenções realizadas pela Águas de Manaus para solucionar o problema, o abastecimento permanece intermitente na área.

“A empresa fez setorização na tentativa de resolver o problema, mas não trouxe uma solução definitiva. Estamos cobrando um estudo mais aprofundado, para que essa situação seja efetivamente resolvida. Sabemos que as invasões comprometem a regularidade do abastecimento, no entanto, a concessionária deve buscar garantir o fornecimento do serviço”, afirmou a diretora-técnica de Concessões Obras e Saneamento da Ageman, Suzy Tavares.

A conclusão dos estudos da concessionária deverá ser encaminhada para a Ageman em até 60 dias.

A comunidade Bom Pastor é atendida inicialmente pelo complexo da Ponta do Ismael, na Compensa, zona Oeste, o qual distribui água tratada para o Sistema Alvorada e posteriormente para o Mundo Novo e reservatório do Santo Antônio.

Texto – Tereza Teófilo / Ageman

Foto – Divulgação / Ageman

-publicidade-