Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Prefeitura moderniza educação de Manaus com diário digital

A Prefeitura de Manaus vai implantar, em toda rede municipal de ensino, o diário digital. A medida, que segue orientação do prefeito David Almeida, de levar a educação à modernidade, foi acordada entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Empresa de Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam), nesta quarta-feira, 7/4, durante reunião na sede da Semed, no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

De acordo com o secretário de Educação, Pauderney Avelino, o diário digital vai dar celeridade no monitoramento da frequência dos alunos e, consequentemente, vai inserir a Semed na era digital. Além da frequência, os professores vão poder incluir atividades e relatórios.

“O diário digital é um avanço na Semed e será implantado em todas as nossas unidades, atendendo todos os nossos alunos. Isso vai trazer modernidade, eficiência, extinguindo a pagela de papel, além de fazer com que o sistema Semed seja mais ágil e eficiente, ajudando o professor a ter um instrumento, uma plataforma para trabalhar suas informações, as matérias que estão sendo lecionadas, bem como os indicadores da sua sala de aula e da escola que trabalha. Enfim, é a Semed entrando na era digital”, ressaltou.

O diretor do Departamento de Gestão Educacional (Dege), da Semed, Evaldo Bezerra Pereira, afirmou que, a partir do segundo bimestre, mais de 70 mil alunos da rede municipal de ensino serão inseridos no diário digital, e até o final do terceiro bimestre serão colocados os outros 180 mil alunos, totalizando os 250 mil estudantes da rede de educação da prefeitura.

“A partir do terceiro bimestre o diário digital vai alcançar todos alunos da rede, atendendo todos os nossos níveis, ou seja, educação infantil e ensino fundamental 1 e 2 “, informou.

Para o chefe da Divisão de Produtos e Marcas da Prodam, Nonato Borges, a ferramenta vai dar celeridade na gestão de notas e frequências dos alunos. “É uma plataforma totalmente web, acessada também por dispositivos móveis como celulares e tablets, que vai permitir que diariamente o professor lance as suas frequências, o conteúdo ministrado, servindo, ainda, como uma ferramenta de apoio para verificar se todo o conteúdo programático de determinada escola e o professor estão sendo atingidos”, explicou.

Conforme a coordenadora do Sistema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas (Sigeam) na Semed, Luzenilda Costa, a ferramenta vai contribuir nas atividades pedagógicas dos professores. “Com a ferramenta o professor vai deixar de carregar um monte de diário embaixo do braço, vai poder fazer atividades em tempo real, acessar seu diário em sala de aula por, meio do seu celular, tablet, com computador, então acredito que isso vai ajudar muito o professor no seu dia a dia”, comentou.

Texto – Emerson Santos/Semed

Foto- Alex Pazuello/Semed

-publicidade-