Conhecimento e emoção definiram a manhã desta sexta-feira, 24/5, após uma visita dos idosos institucionalizados na Fundação Doutor Thomas (FDT) ao Museu da Cidade, no Paço da Liberdade, na Praça Dom Pedro II, no Centro Histórico. O passeio faz parte da programação do Projeto “Cultura e Turismo” da Prefeitura de Manaus.

O Museu da Cidade oferece beleza arquitetônica, exposições tecnológicas, peças arqueológicas e artigos regionais. Para o gestor do Museu, Leonardo Novelino, foi emocionante compartilhar esse momento com os idosos da FDT. “Receber a terceira idade nos trouxe muita alegria, eles contagiaram todo o museu, é muito comovente quando vemos os idosos relembrarem histórias passadas e contarem suas experiências. Nosso objetivo é que todas as gerações se sintam bem neste lugar onde desperta memórias e muitas emoções”.

Dentro da programação anual da FDT, os idosos têm um calendário com várias visitas agendadas e as escolhas dos locais são feitas através de reuniões realizadas com eles. Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos residentes, é feita uma divisão de acordo com o grau de locomoção de cada um, para que todos possam ter o maior aproveitamento dos passeios. Para os idosos de alta dependência, que não podem sair da instituição, foi montado um calendário diferenciado.

A assistente social da Fundação Doutor Thomas, Adalgiza Dantas, destacou a importância dessas atividades na vida dos idosos institucionalizados. “O Projeto Cultura e Turismo está sendo realizado mensalmente e o Museu da Cidade de Manaus é o segundo passeio do calendário deste ano. Ficamos encantados com a felicidade e o brilho no olhar que recebemos dos idosos. Pensando nisso, as programações são desenvolvidas através de atividades socioeducativas, recreativas e de inclusão social” disse.

O trabalho desenvolvido pelo Programa de Longa Permanência (ILPI) vem trabalhando fortemente em ações que intensifiquem ou despertem nesse público o interesse de aproveitar melhor o tempo de permanência na instituição.

“Adorei esse passeio, achei muito bonito, foi um dos melhores passeios que já fui, descobri coisas novas que eu não tinha visto ainda e relembrei de vários momentos do meu passado, o que eu mais gostei foi da sala de Arqueologia, vale a pena visitar o lugar, estou ansiosa para os próximos passeios, estamos aprendendo muito”, disse Dina da Costa, 72, residente da FDT.

Para a diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Moutinho, essas atividades contribuem para um envelhecimento saudável, como orienta o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. ”Estamos satisfeitos com a evolução desse projeto que visa garantir o bem-estar físico, mental e social dos idosos, o Museu da Cidade de Manaus traz histórias que muitos deles não conheciam e hoje tiveram a oportunidade de visitar e conhecer esse lugar cheio de cultura regional e inovação da tecnologia no Brasil”.

Programação dos idosos:

21/6 – Studio Atelier Claudio Andrade

31/7 – Museu da Amazônia

30/8 – Ônibustur

27/9 – Museu do Seringal

18/10 – Comunidade Indígena

29/11 – Povos da Amazônia

Texto – Flávia Rodrigues/ FDT

Foto – Marinho Ramos / Semcom e Divulgação / FDT