Amazonas Notícias

Prefeitura realiza ação de sensibilização contra o abuso sexual infantil no shopping Phelippe Daou

Dando continuidade à programação da campanha municipal “Maio Laranja”, alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou, nesta terça-feira, 23/5, uma ação de sensibilização no Posto de Atendimento ao Cidadão (PAC) do shopping Phelippe Daou, zona Norte da cidade, com a distribuição de material informativo e divulgando canais de denúncia à população referenciada e atendida pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Mutirão, temporariamente locado no shopping.

“Estamos hoje reforçando nossas atividades de enfrentamento e combate ao abuso e exploração de crianças e adolescentes desenvolvidas ao longo do ‘Maio Laranja’, trabalhando e divulgando informações extremamente necessárias para que a população consiga identificar as diferentes formas de abuso sexual e realizar as denúncias. É um dia muito importante para a equipe do Cras Mutirão e principalmente para a população atendida pelo equipamento, pelo PAC e pelo shopping como um todo”, afirmou o secretário da Semasc, Eduardo Lucas.

Conselheira Tutelar da zona Leste II, Ângela Santos também participou da ação e destacou a importância de se trabalhar a conscientização em volta do tema, levando em conta, principalmente, a grave realidade constatada no município.

“É um crime que vem se proliferando na cidade de Manaus cotidianamente e nós não podemos ficar parados ou calados em relação a isso. O Conselho Tutelar está sempre na ponta e atendemos casos de abuso e exploração todos os dias. Então, fica muito claro para nós e nossos parceiros que é necessário que todos se unam contra situações desse tipo, elaborando e desenvolvendo esse trabalho conjunto entre a comunidade, a família e o poder público”.

Mãe de seis filhos e acompanhada do caçula, de seis anos, a auxiliar de serviços gerais Luciara Cristina foi uma das matriarcas presentes no PAC durante a ação. Após ouvir atentamente as informações repassadas, Luciara, que sempre se considerou um tanto quanto superprotetora em relação aos filhos, ressaltou a importância da iniciativa para ela e, principalmente, para os pais mais “leigos”.

“É um trabalho que influencia muito na vida da comunidade. Infelizmente, ainda temos muitos pais e mães que são leigos em relação a esse assunto e acham que isso nunca vai acontecer, e é exatamente nesse excesso de confiança que está o erro. É um trabalho realmente muito importante e necessário”, concluiu.

Canais de denúncia 

Ao obter conhecimento de casos de abuso ou exploração sexual infantojuvenil, a população pode entrar em contato com as autoridades competentes e realizar as denúncias por meio dos números 0800 092 1407, 0800 092 664 e 100 (Disque Direitos Humanos, serviço nacional de atendimento). 

Campanha Maio Laranja 

Alusiva ao Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no dia 18 de maio e marcado por ações de sensibilização e orientação sobre o tema em todo o país, a campanha “Maio Laranja” tem como objetivo orientar crianças, adolescentes, pais e a sociedade a identificar e denunciar situações de abuso e exploração sexual ao longo de todo o mês.

A data faz memória à menina capixaba Araceli Crespo, sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta em 18 de maio de 1973, aos 8 anos de idade.

— — —

Texto – Guilherme Araújo Pacheco / Semasc 

Fotos – Marcely Gomes / Semasc

Relacioandos