Take a fresh look at your lifestyle.

Primeira Mostra de Repertório da Espatódea Trupe será neste sábado, no Teatro Amazonas

-publicidade-

“Bumba meu boi – A festa vai começar” e “Quantas histórias habitam suas memórias?” são os espetáculos escolhidos para o evento

Neste sábado (3/2), a partir das 20h, o Teatro Amazonas será cenário da 1ª Mostra de Repertório da Espatódea Trupe Companhia e Escola de Teatro. A programação, que faz parte da agenda do Espaço Aberto, projeto promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), contará com dois espetáculos: “Bumba meu boi – A festa vai começar” e “Quantas histórias habitam suas memórias?”.

O evento – que é também uma comemoração pelos dois anos de atividades realizadas pela Cia – está com ingressos à venda na bilheteria do Teatro, ao preço de R$ 20 (inteira).

Uma das montagens da mostra, “Bumba meu boi – A festa vai começar” conta a história e a origem do Festival de Parintins, em uma adaptação realizada pela própria companhia. O espetáculo já foi convidado para participar de festivais no Rio de Janeiro e Minas Gerais; participou da Virada Sustentável e foi também convidado para participar do Festival de Parintins de 2017.

Já “Quantas histórias habitam suas memórias?” é resultado de uma pesquisa acadêmica que estuda casos de violência sexual sofridas por pessoas de diferentes idades e lugares, que em suas particularidades acabam encontrando uma mesma realidade pela qual não conseguem livrar-se psicologicamente, atribuindo a isso feridas e traumas.

Expectativa – De acordo com Emille Nóbrega, diretora e dramaturga do Espatódea, a Cia sempre buscou trabalhar com textos autorais, o que aumenta ainda mais a ansiedade de poder mostrar um trabalho realizado em equipe.

“Agarramos a oportunidade, estamos dando nosso máximo para fazer um bom espetáculo para o público e tentar passar a mesma energia que estamos sentindo. Não estamos representando apenas a Espatódea, mas sim todos os artistas da nossa cidade que também têm o mesmo sonho”, afirma. “A arte é resistência, sobretudo o teatro. Não é fácil viver do nosso ofício, mas é um prazer imensurável criar, construir e produzir algo para que as pessoas que assistem possam compartilhar esse momento de nascimento conosco. Quando nasce um espetáculo, nós nascemos de novo, nossa vontade de fazer de novo e melhor, cresce ainda mais”, conclui.

Espatódea Trupe – A companhia reúne artistas de diferentes regiões do Brasil e trabalha constantemente produzindo arte em Manaus, com o foco principal no teatro, seja infantil ou adulto, em eventos corporativos e etc. Coleciona cinco seleções em festivais de teatro em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Amazonas. Aa Espatódea tem como objetivo fomentar a economia criativa no mercado cultural com trabalhos de autoria própria de forma a incentivar artistas-criadores.

-publicidade-