Procon Amazonas apreende carnes impróprias para consumo e mais de 300 produtos vencidos em Manaus

Aves congeladas apresentavam violação das embalagens. Também foram encontrados outros produtos com data de validade vencida

A fiscalização do Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM) autuou, nesta quinta-feira (18/10), uma das lojas da rede de supermercados Assaí Atacadista da avenida Autaz Mirim, bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus, pela venda de produtos inadequados ao consumo.

Durante a operação de rotina, os fiscais encontraram 200 kg de carne de frango e galo por apresentarem embalagens violadas, em condições inadequadas de conservação. Além disso, outros nove itens, tais como queijos e bebidas fermentadas foram apreendidos por estarem vencidos.

Americanas – Outra equipe de fiscalização, também em ação de rotina, autuou as Lojas Americanas do Shopping Grande Circular, ao apreenderem 321 itens que apresentavam prazo de validade expirado. Entre os produtos retirados da área de vendas estavam 170 unidades de bolinhos da marca Bauducco de 40g, cada, e 130 unidades de cereal de 60g, cada.

Segundo o coordenador de fiscalização do Procon-AM, Pedro Malta, apesar de todas as ações de orientação e conscientização junto aos lojistas e empreendedores, ainda é visível o descompromisso de alguns setores para com o consumidor.

“O volume de apreensões realizadas em operações simples de fiscalização torna evidente a falta de cuidado no manuseio e armazenamento dos produtos vendidos nos supermercados e lojas de Manaus. O Procon Amazonas mantém o cronograma de fiscalizações atendendo também as denúncias feitas pelos consumidores, porém, tão pouco tempo após uma ação conjunta com o Ministério Público nos supermercados, onde auxiliamos na apuração de irregularidades cometidas contra os consumidores, identificamos a necessidade intensificação das fiscalizações no setor. De praxe, retiramos os produtos apreendidos da área de comercialização, que foram inutilizados e lavramos os respectivos autos de constatação, apreensão e inutilização”, afirmou Pedro Malta.

Denúncias – As vistorias são realizadas na capital e no interior do Estado. Para denúncias o Procon Amazonas disponibiliza o telefones 0800-092-1512 e o e-mail [email protected]

FOTO: DIVULGAÇÃO/PROCON-AM