As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Procura pelo cadastramento de veículos junto à Arsam aumenta com a chegada do fim de semana

Gov Agricultura

Veículos cadastrados possuem seguro e laudo de inspeção técnica, atestando a qualidade e segurança do próprio veículo e a habilitação do condutor

Com a proximidade do fim de semana, a procura pelo serviço de cadastramento de veículos junto à Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) se intensifica. A agência cadastra, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, veículos que realizam o transporte rodoviário intermunicipal de passageiros entre os municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM). A organização e manutenção do cadastro de todas as pessoas jurídicas que prestam esse serviço cabem à agência.

De acordo com o Departamento de Transporte (DT) da Arsam, mais de 900 veículos já foram cadastrados, entre táxis, vans e ônibus. Aos que pretendem realizar esse tipo de transporte, o departamento orienta que representantes de associações, sindicatos, cooperativas e condutores devem ir até a sede da agência e solicitar um check list com todos os documentos necessários para o cadastro de cada tipo de veículo.

O chefe do DT, Sérgio Pimenta, destaca a necessidade do cadastro, enfatizando a segurança que isso garante ao condutor e passageiros. “A segurança é primordial quando falamos de trânsito. É por isso que realizamos esse cadastro, pois ele garante seguro, laudo de inspeção técnica, qualidade e segurança do próprio veículo e a habilitação do condutor”, afirma Pimenta.

Para o representante da Aruanã Transportes, Walcicley Castro, o cadastramento é de suma importância para aqueles que trafegam nas estradas do Amazonas diariamente. “O cadastro realizado pela Arsam é um ótimo benefício para nós, proprietários de veículos que realizamos transporte intermunicipal, pois está colocando o serviço em ordem”.

O cadastro é tido como medida de segurança, pois os veículos regularizados possuem, por exemplo, outorga emitida pelo órgão de trânsito de origem, seguro de responsabilidade civil e idade máxima de dez anos de uso.

Para inibir o fluxo de veículos clandestinos, aqueles que não possuem cadastro prévio na agência, são realizadas fiscalizações diárias, volantes e operações intensivas nas principais entradas e saídas da capital, sendo elas no terminal rodoviário de Manaus, Ponte Jornalista Phellipe Daou (Ponte Rio Negro) e entrocamento das rodovias AM-010 e BR-174.

Durante datas comemorativas, a Arsam atua também em alguns municípios de grande fluxo. Táxis, vans e ônibus são abordados para que sejam conferidas as situações cadastrais e as condições dos veículos, incluindo todos os itens de segurança e a lotação de passageiros.

FOTO: Divulgação/Arsam

você pode gostar também