As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Professores da rede municipal de Manaus vencem primeiro edital ‘Conectando Boas Práticas’

Professores da Prefeitura de Manaus foram vencedores do primeiro edital “Conectando Boas Práticas”, promovido pela rede nacional Conectando Saberes em parceria com a Fundação Lemann. A premiação ocorreu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na zona Centro-Sul, nesta quinta-feira, 13/11, e contou com aproximadamente cem inscritos. O edital tem como proposta valorizar e ampliar iniciativas de professores pelo Brasil e permitir que outros educadores possam se inspirar e replicar as melhores ideias, elaboradas de educador para educador.

A ação contou com o apoio de secretarias de Educação em mais de 60 municípios, de todos os Estados do Brasil e com mais de 650 professores. Os projetos inscritos foram avaliados por educadores que integram a rede Conectando Saberes. Os seminários com os melhores projetos irão acontecer por todo o país, para facilitar a troca de experiências e a valorização dos docentes. Dos dez projetos premiados nesta quinta-feira, sete são da rede municipal de ensino.

Foram avaliados três tipos de projetos: 1) práticas pedagógicas por professores; 2) formação continuada por coordenadores pedagógicos e 3) políticos pedagógicos por diretores escolares.

As iniciativas devem ter impacto positivo no aluno e na escola, estar alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), ser replicáveis para todo o Brasil. Os melhores projetos vão integrar um banco de dados, e serão transformados em e-books. Os professores serão convidados a apresentar suas iniciativas em seminários locais promovidos pelos núcleos da rede Conectando Saberes.

A professora da escola municipal Jornalista Sabá Raposo, no bairro Monte das Oliveiras, zona Norte, Regiane Rocha, premiada com o projeto “Robot 3Rs: combatendo o desperdício”, falou sobre a alegria de poder apresentá-lo.

“Estou feliz. Acredito ter sido premiada porque o projeto é de fácil replicação. Seja aonde for, a gente trabalha com o kit que a Semed nos forneceu, que é o robot kit e o robô kid de Lego, que os alunos maiores usam para ensinar robótica aos menores. A partir desse conhecimento, fomos além, entramos em oficinas para aprender a usar as placas de arduíno, empregadas para fazer o robô. É um novo mundo para essas crianças, somos de um bairro bem carente e é incrível a oportunidade que eles têm na escola, de trabalhar com tecnologia, robótica, inovação e sustentabilidade”, pontuou.

Entre as ações realizadas pelo projeto, estão: a criação de um jardim suspenso, um reservatório de mais de 150 litros e um robô que aciona a alavanca para que a água do reservatório seja liberada e regue as plantas, tudo construído com objetos que iam ser jogados no lixo, como canos, arames, garrafas PET e ventoinha de computadores velhos.

Engajamento

Professora da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), Aurineia Gomes, uma das representantes da Rede Conectando Saberes em Manaus, ressaltou a importância do evento.

“A rede Conectando Saberes nasceu em 2015 e a partir daí nós começamos a fazer encontros presenciais e on-line. No ano passado, surgiu a ideia de fazer um evento que reunisse as práticas que estão atreladas à BNCC e que engajassem o aluno, colaborando para que ele de fato aprendesse. Foi assim que nasceu o primeiro edital do Conectando as Práticas, selecionando os dez melhores projetos por cidade”, explicou Aurineia, além de reforçar que o Conectando Saberes é uma rede de apoio.

“Às vezes você tem aquele dia em que está chateado com a profissão e no Conectando Saberes você vê professores inovando. Nós professores temos que estar bem para deixar nosso aluno bem, e na premiação serão apresentados projetos que podem ser replicados, como forma de motivar e agregar conhecimento aos profissionais de educação“, comentou.

Projetos premiados da rede municipal

Socialização de Práticas Formativas – elaborado pela professora Rita Esther Luna, chefe da DDPM, que aplicou a ação na rede municipal.

Educação de Qualidade Responsabilidade de Todos – do professor Rodrigo Barbosa Froés, apresentado na escola municipal Antônio Matias Fernandes.

Reutilização do óleo de cozinha na produção de sabão como prática sustentável – da professora Steliany Santiago, aplicado na escola municipal Profª Maria das Graças Andrade.

Sequência Didática Interdisciplinar em Matemática no eixo espaço e forma geométrica – do professor Josué Santiago Carvalho, desenvolvido na escola municipal Dian Kelly do Nascimento Mota.

Pensamento desplugado nas brincadeiras e interações na Educação Infantil e Não me toca seu boboca, combate ao abuso e exploração sexual infantil, ambos desenvolvidos pela professora Michelle Nunes da Silva, aplicado no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Profª Sofia Soeiro do Nascimento, e Cmei Professor Caio Carlos Frota de Medeiros.

Robot 3Rs: combatendo o desperdício da água dos condicionadores de ar, através do reuso nas plantas do jardim – da professora Regiane Rocha, da escola municipal Jornalista Sabá Raposo.

Texto – Jéssica Salomão / Semed

Foto – Cleomir Santos / Semed

você pode gostar também