31.3 C
Manaus
quarta-feira, novembro 29, 2023

Professores municipais participam de evento da educação infantil

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, nesta quinta-feira, 16/11, o evento “Encontro Educação Infantil em Percursos Transitórios e Documentação Pedagógica das Infâncias: Mini-histórias da vida cotidiana em creche e Narrativas Docentes na pré-escola”, voltado para professores e diretores que atendem creches, centros municipais de educação infantil (Cmei) e 1º ano do ensino fundamental. A atividade aconteceu no auditório da Semed, na avenida Maceió, zona Centro-Sul da capital.

O processo da transição escolar tem o objetivo de assegurar que as crianças de 1 a 6 anos de idade não sofram impactos negativos durante os diferentes momentos de transição vividos no âmbito escolar ou entre as etapas da Educação Básica. 

“Vivenciar a prática dos professores é algo que me estimula a sempre fazer o melhor. Lembro das atividades que realizava com os alunos, quando estava na sala de aula. É um momento em que, juntos, podemos compartilhar todas as nossas práticas exitosas ou até as que não foram, mas que servem de experiência, é sempre uma aprendizagem. A Semed transforma a vida da criança, desde o início, e os nossos educadores têm papel principal nesse processo de transformação, respeitando o tempo de cada um deles”, disse a secretária municipal de Educação, Dulce Almeida.

O Transição Escolar é um projeto-piloto que iniciou em 29 unidades de educação infantil, sendo 22 creches, quatro Cmeis e três escolas. Em 2024, será ampliado. “Nós precisamos fazer com que esse ato da transição seja cada vez mais natural para as nossas crianças e, para isso, é preciso muito diálogo e utilização de materiais pedagógicos com intencionalidade na aprendizagem da criança”, afirmou a gerente de Creches, Wissilene Brandão.

Durante o evento, as educadoras compartilharam as ações desenvolvidas por meio de “mini-histórias em creches e narrativas docentes na pré-escola”. A professora do maternal 2, Kamila Fontes, da creche municipal Maria Aparecida Silva Dantas, declamou o poema “Contem a todos”, que fala sobre a importância da creche na vida da criança.

“Eu escrevi, em forma de poema, todo o sentimento que uma professora de creche vive diariamente, como a experiência de aprender a ouvir o que a criança tem a dizer, e que só o ato de escutar pode modificar a vida daquele ser que está começando a vida escolar. As nossas brincadeiras também são muito importantes nesse processo, é a partir delas que eles contam o que sentem, e isso é enriquecedor”, explicou Kamila.

Já a professora Ádria Assis contou a experiência que teve com seus alunos do 2º período. “Nós fizemos a experiência do girassol. Plantamos e acompanhamos toda a transição, até chegar à morte e, logo após todo esse processo, uma das minhas alunas perdeu a mãe e, de uma forma simples e entendida, ela me disse que a vida era dessa forma. Que a mãe dela nasceu, cresceu, reproduziu e morreu. Eu fiquei triste, mas, ao mesmo tempo, satisfeita por ela ter entendido isso após uma atividade desenvolvida em sala de aula”, comentou a professora.

— — —

Texto – Érica Marinho/ Semed

Fotos – Eliton Santos/ Semed

spot_img