Take a fresh look at your lifestyle.

Projeto elaborado pelo Idam resulta em aumento da produção de banana em Ipixuna

-publicidade-

Projeto de crédito rural elaborado pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), através do programa Afeam-Agro, resultou em aumento significativo da produção de banana na comunidade Curu, no município de Ipixuna (distante 1.367 quilômetros de Manaus). O projeto, viabilizado em 2019, concedeu crédito rural para capital de giro e custeio agrícola para o produtor familiar Roseni Souza Macedo, gerando melhoria na renda de sua família e a expansão de seu plantio.

Para o gerente da unidade local do Idam, Valdécio da Silva Gomes, Roseni e sua família são referência na produção de banana. “Roseni hoje tem todo o material necessário para o plantio. Embora o crédito rural tenha sido direcionado ao custeio agrícola e manutenção do plantio existente, os recursos deram sustentação para que ele pudesse ampliar sua lavoura. Hoje, ele tira mensalmente uma renda líquida de cerca de R$ 3,5 mil de sua produção”, explicou o gerente.

Atualmente, Roseni e sua família têm uma colheita de dois cortes de banana por mês, com uma produção mensal de cerca de 190 cachos de banana pacovan e prata. Conforme Valdécio, esse aumento já resultou em uma resposta positiva por parte dos outros produtores da comunidade. O resultado positivo do trabalho de extensão rural permitiu que a comunidade se disponha a investir na cultura da banana através do crédito rural orientado.

“Os agricultores da Comunidade Curu são atualmente responsáveis por 75% da produção de banana do município, e a maioria deles foram financiados pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), através de projetos elaborados pelo Idam”, salientou.

Roseni se diz feliz com os resultados e ressaltou a importância do trabalho do Idam junto à comunidade. “O Idam tem incentivado a produção através de ações de assistência técnica, visitas e palestras de boas práticas de produção, que nos deixam melhor assistidos com relação às nossas atividades agrícolas”.

FOTO: Divulgação/Idam

-publicidade-