Fim de semana de vitórias para os atletas do projeto “Nandinho”, coordenado pelo investigador da Polícia Civil do Amazonas, Melquisedeque Galvão. Cerca de 80 alunos participaram do campeonato Amazon Open de Jiu-Jitsu Esportivo 2015, realizado nos dias 7 e 8, no Ginásio Poliesportivo Ninimberg Guerra, o “Bergão”, situado no bairro São Jorge, zona Oeste da capital.

A competição foi organizada pela Federação Amazonense de Jiu-Jítsu (Fajje). No primeiro dia, competiram lutadores de até 17 anos (homens e mulheres), atletas do feminino (em todas as categorias) e atletas com faixas pretas (homens e mulheres). As lutas começaram às 9h da manhã e foram até às 19h.

No segundo dia, foi a vez dos atletas do masculino, com faixas azul, roxa, branca e marrom, se enfrentarem no tatame. De acordo com o coordenador do projeto, todas as categorias contaram com a participação de alunos do Nandinho.

Ao término das competições, os atletas do projeto deram um show no número de medalhas: foram 28 de ouro, 11 de prata e 10 de bronze. “Com este resultado mostramos que nossos competidores estão entre melhores no ranking e é emocionante ver todo o reconhecimento por meio destas premiações”, falou o coordenador emocionado.

Além dos prêmios individuais, o projeto Nandinho faturou o 3º lugar por equipe no campeonato, levando um troféu e R$ 300 reais que serão utilizados nas despesas básicas do projeto. “Eram mais de 40 equipes e conquistamos este lugar pelo número de atletas que levamos para a competição, e pelo número de medalhas que ganhamos”, explicou.

Criado em 2011, o projeto social mantido pela Polícia Civil do Amazonas atende atualmente mais de 130 alunos, na faixa etária entre três e 50 anos. A área de atuação compreende três zonas da cidade: Norte, Centro-Sul e Leste, onde são ministradas, diariamente, aulas de Judô, Jiu-Jítsu e Luta Livre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here