As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Projeto para eliminação da Hanseníase é lançado no aniversário da Fundação Alfredo da Matta

A fundação amazonense também aproveitou as comemorações pelos 64 anos para inaugurar a Farmácia Clínica, que foi reestruturada, e lançar publicações importantes

Os 64 anos da Fundação Alfredo da Matta foram celebrados na manhã desta quarta-feira (28/08), no auditório Damião Litaiff, sede da instituição, com a presença de servidores e representantes de autoridades e parceiros. Dentre as autoridades, o secretário executivo da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), João Paulo Marques, e a secretária executiva adjunta da Capital da Susam, Dayana Mejia de Sousa.

A celebração iniciou com a apresentação do hino nacional cantado em língua Tikuna por representantes de duas etnias: Elizete Tikuna, da etnia Tikuna, e Vanderlecia dos Santos, da etnia Witoto, que é também servidora da Fuam há dois anos. A representatividade indígena foi uma homenagem aos povos e também um claro sinal de que a instituição está empenhada em desenvolver ações de saúde junto às comunidades indígenas do Estado.

O ponto alto das comemorações foi o lançamento do Projeto Apeli – Ação para Eliminação da Hanseníase – que vai levar ao interior do estado do Amazonas uma frente de ação importante para o combate à Hanseníase e doenças dermatológicas, além das infecções sexualmente transmissíveis (IST).

Segundo o diretor-presidente da Fundação Alfredo da Matta, Ronaldo Amazonas, o projeto Apeli pretende em quatro anos alcançar todo o território amazonense, examinando uma parcela importante da população de cada município.

“Vamos examinar 100% dos escolares em cada município, cerca de 120 mil indígenas, graças à parceria com a Fundação Estadual do Índio e Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Vamos capacitar profissionais, fazer busca ativa de casos novos da Hanseníase, ampliar o exame de contatos de pacientes de 90 para 100%, com certeza um grande desafio”, explica o diretor-presidente.

O Projeto Apeli já tem local e data certa para iniciar. “De 30 de setembro a 15 de outubro, estaremos em Autazes, na Região Metropolitana de Manaus, município que a gestão local já abraçou o projeto e tem nos dado total apoio; estaremos com uma equipe de 30 profissionais, 25 da Fuam, realizando ações na sede do município, área rural e indígena”, explica Ronaldo Amazonas.

Para a secretária executiva adjunta da Capital, Dayana Mejia, a Fuam tem uma participação importante na saúde pública do Estado do Amazonas. “Temos desenhado alguns serviços, e a Fuam tem contribuído para que possamos construir uma rede de assistência digna. E não podemos esquecer que a instituição realiza não só assistência, mas também ensino e pesquisa, e é assim que se muda a vida de muitas pessoas”, enfatizou Dayana.

Dentre os serviços de saúde que a Fuam tem dado resposta positiva ao Governo do Estado, a descentralização da dispensação de medicamentos do Componente Especializado da Atenção Farmacêutica (CEAF) foi um dos compromissos assumidos e colocados em prática com sucesso. A Fuam é a primeira fundação do Estado a realizar a dispensação de medicamentos do CEAF diretamente da Farmácia Clínica da instituição, assim os pacientes que fazem uso destes medicamentos, antes conhecidos como medicamentos de “alto custo”, não mais precisarão se deslocar até a Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) para recebê-los.

O serviço foi oficialmente anunciado nesta quarta-feira, com o lançado do Guia do Componente Especializado da Atenção Farmacêutica (CEAF), publicação que traz todas as informações e normas para a dispensação dos medicamentos na Fuam; além da inauguração da Farmácia Clínica da Fuam, que foi reestruturada para melhor acolher os pacientes e realizar o serviço. “Estamos com dois consultórios para atendimento farmacêutico e o almoxarifado do CEAF e agora lançamos o Guia do CEAF”, destaca a coordenadora da implantação do CEAF na Fuam, Eliene Canto.

Ao final da celebração o secretário executivo da Susam, João Paulo Marques, parabenizou a todos os servidores pelos 64 anos da Fundação e enfatizou o compromisso dos servidores com a saúde da população amazonense, dando um depoimento que emocionou os servidores. “Minha mãe fez tratamento na Fuam há cerca de quatro anos e foi tão bem acolhida e teve um tratamento realizado de forma tão exitosa, com total atenção dispensada, que posso dizer que a equipe da Fuam realmente faz jus ao seu nome como referência nacional e internacional. Parabéns a todos os servidores por este trabalho”.

FOTO: DIVULGAÇÃO/SUSAM