Chegando a sua 60ª edição, o projeto itinerante de cidadania “Prefeitura + Presente” completou neste sábado, 13/4, três anos de duração. Nesse período, foram quase 100 mil pessoas atendidas com serviços de saúde, emissão de documentos, assessoria jurídica, assistência social, distribuição de mudas e embelezamento. A proposta reúne, a cada 15 dias, as secretarias da Prefeitura de Manaus e outros órgãos parceiros que atuam no atendimento do cidadão em um único espaço, facilitando o acesso e oferecendo maior comodidade à população.

O prefeito Arthur Virgílio Neto e a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, acompanharam a edição comemorativa no bairro São Raimundo, zona Oeste, mais precisamente no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Madre Elísia, e anunciaram outras melhorias aos moradores da comunidade.

“Como já acontecia nas edições anteriores, o Prefeitura + Presente também é um canal para receber as demandas da sociedade, por isso garanto que as ações de infraestrutura solicitadas serão atendidas. Já irei determinar à Secretaria Municipal de Infraestrutura, a Seminf, que inclua o São Raimundo no plano de obras que iremos iniciar em breve e que irá alcançar todas as zonas da cidade”, afirmou o prefeito.

Segundo o ouvidor municipal e coordenador do Procon Manaus, Rodrigo Guedes, responsável pela realização do projeto, a cada edição uma média de 1,5 mil a 2 mil pessoas buscam atendimento nos serviços oferecidos. “Temos a adesão de todas as secretarias municipais que atuam no atendimento ao público e contamos com o apoio de importantes parceiros do governo estadual e do terceiro setor. É, sem dúvida, um projeto exitoso e que facilita a vida da população”, reforçou.

Das 8h até por volta das 12h, foram mais de 1,3 mil atendimentos realizados no Cmei Madre Elísia, além da distribuição de 300 mudas de espécies frutíferas, ornamentais e medicinais para os moradores, assim como material informativo sobre combate ao caramujo africano e o reaproveitamento de resíduos sólidos.

A dona de casa Isis Gonçalves, de 49 anos, foi uma das beneficiadas com a ação. Além de solucionar pendências junto às concessionárias de água e energia elétrica, ela aproveitou para mudar o visual. “Não é sempre que a gente recebe uma ação como essa, onde até pude cortar o cabelo gratuitamente. É muito bom”, disse.

Texto: Alita Falcão / Semcom

Foto: Mário Oliveira / Semcom