Take a fresh look at your lifestyle.

Projeto proporciona sistema de energia renovável em comunidades ribeirinhas

-publicidade-

A iniciativa prevê a melhoria da qualidade de vida de comunitários através do acesso à energia elétrica.

No mês de novembro, a equipe da Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e os representantes da Unicoba, empresa do ramo de energia, visitaram a comunidade Santa Helena do Inglês, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro, para dar inicio ao processo de desenvolvimento de um sistema solar fotovoltaico na comunidade.

O projeto “Sempre Luz”, iniciativa desenvolvida pela FAS com a Unicoba, começou a ser planejado em março deste ano, mas por conta da pandemia do novo coronavírus teve sua implementação postergada.

A iniciativa visa desenvolver um sistema de energia solar para melhorar e aumentar a capacidade e qualidade de vida dos moradores da comunidade. “É muito importante a energia renovável fazer parte da vida dos ribeirinhos e povos indígenas da Amazônia, pois ela traz dignidade, cultura, geração de renda, educação e saúde”, explicou Victor Salviati, Superintendente de Inovação e Desenvolvimento Institucional da FAS.

A comunidade atualmente possui cerca de 30 casas, escola, centro social e uma pousada comunitária que serão beneficiadas pelo desenvolvimento do sistema de geração de energia elétrica. “Esse projeto é muito importante para a comunidade, pois vai trazer melhoria na nossa qualidade de vida, na educação e na saúde. A comunidade vai poder ter acesso à água, energia na escola e na pousada comunitária, além de novas opções de lazer”, pontuou Nelson Brito, presidente da Comunidade Santa Helena do Inglês.

Para Ronaldo Gerdes, vice-presidente de operações da Unicoba, o projeto é importante e representa um momento de transformação na empresa, onde deixam de vender apenas produtos e começam a vender soluções. “Esse é um piloto, onde vamos poder testar algumas soluções e com isso trazer benefícios para a comunidade e em breve, esperamos implementar em novas comunidades”.

O projeto já está em andamento e tem como meta implantar o protótipo do sistema solar fotovoltaico até março de 2021 na comunidade.

A Fundação Amazônia Sustentável é uma organização da sociedade civil, fundada em 2008, com a missão de contribuir para a conservação ambiental da Amazônia através da valorização da floresta em pé e sua biodiversidade, e da melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas. A Unicoba foi fundada em 1973 e desenvolve soluções de armazenamento de energia e eficiência energética em iluminação LED. Com extensa experiência em fabricação de eletrônicos, tem presença em mais de 85% das maiores empresas do Brasil.

Foto: Emile Gomes

-publicidade-