As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Projeto terá apoio de R$ 70 mil para proteger peixes ameaçados de extinção no Norte do Brasil

Ao todo, Fundação Grupo Boticário apoiará financeiramente 15 projetos em ambientes costeiros e marinhos em todo o Brasil

Projetos que buscam conservar ambientes costeiros e marinhos brasileiros, preservar espécies ameaçadas e aliar inovação e meio ambiente terão o apoio de cerca de R$ 1,8 milhão em 2019. Ao todo, 15 iniciativas distribuídas em 11 estados do País serão apoiadas pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Um dos trabalhos selecionados será implantado no Pará e terá o apoio de cerca de R$ 70 mil para proteger espécies de peixes ameaçadas na região.

Segundo o coordenador de Ciência e Conservação da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Robson Capretz, a necessidade de proteção de ambientes costeiros e marinhos tem despertado cada vez mais a atenção da sociedade. “Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU são muito baseados na qualidade de vida que vem dos mares e a população brasileira tem uma relação muito estreita com o oceano. Considerando o tamanho da costa que temos no País e a dependência que temos dela, torna-se cada vez mais importante investir em estratégias para a conservação marinha”, ressalta.

Proteção do peixe-serra no Pará

A pesca acidental é apontada como uma das principais ameaças para as espécies de peixe-serra, consideradas extremamente ameaçadas de extinção. Identificados cientificamente como Pristis pristis e Pristis pectinata, esses peixes vivem no entre Amapá e São Paulo, com maior concentração na região Norte. Diante desse cenário, o projeto do Instituto Bicho D’Água busca levantar dados, mapear a ocorrência de peixe-serra no litoral paraense e avaliar o status populacional das espécies, além de implementar programas de educação ambiental para as comunidades pesqueiras com o objetivo de reduzir a pesca acidental e assegurar a conservação das espécies

Inscrições abertas para novos projetos

Estão abertas as inscrições para o 57º Edital da Fundação Grupo Boticário – Novas Ideias para a Conservação da Natureza. Interessados de todo o Brasil podem inscrever trabalhos voltados à conservação da biodiversidade até 31 de março, pelo site da instituição. Ao todo, serão cerca de R$ 2 milhões destinados aos projetos selecionados.

Diferentemente dos anos anteriores, que tiveram uma chamada em cada semestre, 2019 concentrará as inscrições em uma só oportunidade. Nesta edição, serão selecionados projetos dentro das temáticas: ambientes marinhos; unidades de conservação de proteção integral e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs); inovações e novas tecnologias para a conservação da natureza; e espécies ameaçadas.

Desde 1991, quando o primeiro edital da Fundação Grupo Boticário foi aberto, 1.563 iniciativas foram apoiadas em todo País, somando um investimento de cerca de R$ 80 milhões. Os projetos inscritos devem estar vinculados a instituições sem fins lucrativos, como fundações de universidades, organizações não governamentais (ONGs) e associações. Dúvidas podem ser encaminhadas por e-mail para [email protected]