Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Promoções de oficiais da PM do Amazonas só serão pagas em 2022, afirma Wilker Barreto

“O que fizeram com os oficiais da PM foi um verdadeiro estelionato”. Essa foi a declaração do deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) ao saber que o pagamento das promoções dos oficiais da Polícia Militar, beneficiados com a progressão na carreira, no mês de fevereiro, vão ser pagos somente em 2022. O anúncio foi feito em reunião, na manhã desta segunda-feira (29), na sede da Secretaria de Estado da Administração (Sead), pela secretária da pasta, Inês Carolina Simonett, ao parlamentar e ao grupo de majores e capitães da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM).

Ao saberem da notícia pela secretária, o grupo de oficiais lamentou a decisão do governador Wilson Lima (PSC) em reeditar o decreto do dia 16 de fevereiro, que concedia as promoções a 1.300 policiais. Com o decreto reeditado, os PMs continuam com as devidas promoções, mas o “benefício” no contracheque será somente para o próximo ano.

“Viemos cobrar providências sobre os decretos das promoções, e para nossa surpresa o decreto vai ser reeditado com o pagamento somente para o ano que vem. O que fizeram com os oficiais Policiais Militares foi um verdadeiro estelionato”, lamentou Wilker, que solicitou da secretaria uma reunião com a cúpula da PM em busca de encontrar soluções.

Há 30 anos no quadro da PM, o major Araújo Maia se sentiu enganado. O militar recebeu a promoção “no papel” para compor a reserva da PM, mas pensa em retornar aos trabalhos junto a corporação, uma vez que trabalhando não terá a perda de quase 40% do salário.

“É um sentimento de tristeza. Não fomos nem avisados pelo comando da PM. Oficialmente recebemos a notícia que as nossas promoções vão ser pagas só a partir de 2022. Fomos promovidos, e não recebemos. Eu perdi de 30% a 40% do meu salário, porque não ganho mais as gratificações. É o caso de até pensar em retornar”, explicou o major.

“Promoção ficou no papel”

No mês de fevereiro, o governador Wilson Lima cumpriu com o anúncio feito em 2020 e promoveu 1.314 policiais militares. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), no mês de fevereiro. A maioria dos beneficiados com a progressão na carreira militar são praças, que correspondem a 1.186 militares.

Na ocasião, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, agradeceu o governador Wilson Lima pela iniciativa e disse que o mandatário não mede esforços para atender os anseios da Polícia Militar.

“Este é um momento merecido, que demonstra o compromisso e reconhecimento profissional aos bravos policiais militares, que dia e noite labutam no cumprimento da honrosa missão de servir e proteger a sociedade do nosso Amazonas, muitas vezes colocando suas próprias vidas em risco diante dos perigos, da criminalidade e também do inimigo invisível, que combatem todos os dias, tentando amenizar o sofrimento das pessoas”, disse o coronel na época.

Texto: Assessoria do Deputado

-publicidade-