“A criança que apresenta alguma dificuldade na aprendizagem pode estar sendo ensinada fora do padrão por ela estabelecido”. É o que diz a psicóloga e professora Priscila Lima, que ministra, neste sábado (22), palestra gratuita com o tema ‘Aprendendo a lidar com crianças com dificuldades de aprendizagem’.

Aberta ao público em geral, a palestra integra a programação do Dia de Responsabilidade Social promovido pela a Faculdade Santa Teresa, no Vieiralves, com o tema ‘Viver Melhor’. A ideia da palestra é debater, com os pais e demais interessados no tema, as causas que provocam essas dificuldades de aprendizagem, como identificar o problema no filho e como trabalhar as formas corretas de aprendizagem da criança.

Segundo a psicóloga, os pais devem ficar atentos a essas situações, pois existem técnicas para adaptar a maneira de ensinar à realidade da criança. “A proposta da palestra é trabalhar as causas que resultam na dificuldade de aprendizagem. Vamos trabalhar como identificar o modus operandi da criança e de como ele realmente funciona, bem como qual o ritmo e a qualidade da sua produção. É um assunto bem interessante, que chama a atenção dos pais, pois em algum momento, eles já viveram ou vivem essa situação com os filhos”, diz a psicóloga.

Priscila Lima alerta, ainda, sobre a importância de saber diferenciar a ‘dificuldade de aprendizagem’ do ‘transtorno fisiológico’. Segundo ela, a dificuldade pode ter uma causa ambiental, onde as barreiras de aprendizagem, encontradas pelas crianças, podem ser consequências de uma desorganização que acaba afetando a estrutura emocional e cognitiva do menor, o impedindo de construir o processo de aprendizagem. Outro fator que pode estar ligado a esse problema é a metodologia de ensino usada pelos pais, que não está adequada a criança, provocando nela a dificuldade de absorção do conteúdo.

“A dificuldade de aprendizagem sempre existiu. A diferença é que, hoje, a abordagem é diferenciada e existem novas técnicas para descobrir e diagnosticar esse problema. Antigamente, as crianças que não aprendiam eram agredidas fisicamente, verbalmente e taxadas de ‘incompetentes’, quando, na verdade, estavam com essa dificuldade de aprendizagem. Se percebido o problema e solucionado com estratégia de aprendizagem, essa dificuldade não causa nenhuma sequela na vida adulta do indivíduo”, acrescenta.

Quem estiver interessado e quiser conhecer mais sobre o assunto, pode se inscrever, gratuitamente, para a palestra no site da http://faculdadesantatereza.edu.br.

A ação da Faculdade Santa Teresa, alusiva à campanha Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, acontece na sede da instituição, localizada na rua Acre, Vieiralves, das 8h às 12h. De acordo com a organização, o objetivo é incentivar os acadêmicos ao engajamento social e a formação cidadã, cultivando a solidariedade, além de lhes proporcionar o exercício da prática profissional junto à sociedade em geral.

É necessário que o participante leve, no dia do evento, um 1 quilo de alimento não-perecível. Todos os produtos arrecadados durante a ação serão entregues ao Lar das Marias. “Estaremos de portas abertas para a sociedade. Serão disponibilizadas, de forma gratuita, a todos que quiserem participar, palestras e workshops com temas atuais que de algum modo influenciam no dia a dia da população e na sua qualidade de vida”, afirma a diretora geral da FST, Amanda Estald.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here