Diante da provável impugnação à candidatura de Lula por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PT tem feito um levantamento para identificar candidatos que, mesmo com registros indeferidos, reverteram a inegibilidade após vitória nas urnas.

O objetivo é ter base para uma ofensiva contra o tribunal que, segundo a Folha de S. Paulo, já teria até nome: “Lula será exceção à regra?”.

Presidente do TSE a partir de agosto, o ministro Luiz Fux já deu declarações que sugerem posicionamento contrário ao registro do ex-presidente.

Com informações do Minuto ao Minuto