Take a fresh look at your lifestyle.

Quadrilha de ‘piratas do rio’ são capturados com armas de fogo em comunidade de Coari

-publicidade-

Após uma denúncia anônima, as equipes policiais da Base Fluvial Arpão prenderam cinco homens e apreenderam dois adolescentes suspeitos do roubo de uma embarcação e dois motores na região do rio Solimões. A ação policial ocorreu na comunidade de São Lázaro do Socó, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus). Com a quadrilha, foram apreendidas cinco armas de fogo.

 

Conforme informações das equipes policiais, a equipe se deslocou até a região da denúncia e encontrou os suspeitos, que tentaram fugir. Os sete indivíduos foram detidos, dois deles adolescentes, com 17 e 15 anos de idade. Os outros presos possuem 33, 26, 25, 22 e 18 anos. Todos tinham participado, dias antes, do roubo de uma embarcação e três motores.

 

Foram apreendidas cinco espingardas, sendo três de calibre 12 e duas calibre 20, além de 17 cartuchos de calibre 12, um tanque de combustível, uma canoa de alumínio e dois motores. Também foram apreendidas três balaclavas e dois aparelhos celulares. O prejuízo ao crime está estimado em R$ 40 mil.

 

A Base Arpão foi criada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

 

A Operação “Hórus” é um dos eixos do Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça. As denúncias podem ser feitas através do 181, o disque-denúncia da SSP-AM. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia em todo o estado.

 

FOTO: Divulgação/SSP-AM

-publicidade-