Operação envolvendo 13 policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) de Tefé, prendeu, na manhã desta terça-feira (25), seis elementos acusados de participarem de uma quadrilha que estava roubando a população com arma de fogo. Durante a ação, um traficante e assaltante foragido da Unidade Prisional de Tefé (UPT) morreu em confronto com a PM.

A Operação foi deflagrada após o recebimento de denúncia, via 190, que pessoas estranhas e suspeitas estavam na comunidade Agrovila da Emade, na zona rural de Tefé e um dos suspeitos estaria envolvido nos recentes assaltos. Com as informações levantadas pela equipe de inteligência do 3º BPM, foi montada uma operação para averiguar a denúncia e tentar prender o principal alvo, o traficante e assaltante Fausto Júnior Matos da Silva (21), o “Fausto”. Ele era considerado foragido desde o dia 25 de agosto de 2018. Contra o acusado havia um mandado de prisão não cumprido.

Já no local informado, foram identificados e presos os Edmar Balieiro C. Júnior, 20, e Valtenir Souza do Nascimento, 25. Júnior confessou ter participado de pelo menos dois roubos no dia anterior, ao Posto de Combustível Tello e outro em um estabelecimento comercial na Rua Juruá, bairro do mesmo nome. Os ataques foram filmados por câmeras de monitoramento, cujas imagens ajudaram a identificar os criminosos. No local foram encontrados objetos possivelmente produtos de roubos ou furtos como uma caixa de som amplificada, uma Makita, uma TV de LED de 32 polegadas, uma sacola e expositores de relógios da marca Orient, semelhantes aos levados de uma loja localizada no Bairro Mutirão.

Além de confessar o crime, Júnior também passou informações sofre onde estariam outros integrantes da quadrilha. Na Rua João Bosco, Bairro Juruá, os policiais prenderam Leandro da Costa (23), José Fernandes de Castro Júnior (18) e Jéssica Felício de Castro (21). Com os acusados foram encontrados uma moto Yamaha YBR preta, sem placa, um capacete, três moletons e joias, além de três uniformes das Forças Armadas.

Em seguida, “Júnior” informou que Fausto estaria escondido na casa da namorada, identificada apenas como Taíssa. Na rua Independência, Bairro Santa Rosa, os policiais militares cercaram a residência e anunciaram a abordagem. Como não houve resposta, nem sinal de movimentação, foi feita a abordagem. Ao abrir a porta, os agentes foram recebidos com um disparo de arma de fogo efetuado por Fausto. No revide da equipe, o acusado foi atingido. Uma ambulância foi chamada e o suspeito levado ao Hospital Regional de Tefé, onde não resistiu e morreu.

Na residência, Taíssa Queiroz Soares (25), a polícia encontrou, além de cinco porções de skunk, R$ 304,70 em espécie, joias, uma TV de LED de 42 polegadas e um revólver calibre 32 com cinco munições intactas e uma deflagrada.

Foi dada voz de prisão a acusada e todos os suspeitos conduzidos para 5ª Delegacia Interativa de Polícia para os procedimentos legais. Uma multidão aglomerou do lado externo da Delegacia para acompanhar a apresentação e aplaudiu os policiais no momento em que concluíram os trabalhos.

A Operação foi comandada pelo 2º Tenente David Nery, contando com 13 policiais militares, sendo dois deles da equipe de inteligência do 3º BPM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here