As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Recesso nas praças esportivas, a partir do dia 02 de agosto, será dotado em virtude dos Jogos Olímpicos

Na contagem regressiva para as Olimpíadas em Manaus, a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) vai adotar algumas medidas para os próximos dias, que visam contribuir com a execução do maior evento esportivo do mundo. Dentre as ações, está o recesso das aulas nas praças esportivas que pertencem a pasta. As operações iniciam a partir desta terça-feira, dia 02.

Todas as aulas oferecidas pelo projeto de Escola de Iniciação Esportiva (EIE), na Vila Olímpica de Manaus, localizada no Dom Pedro, serão suspensas do dia 2 a 10 de agosto. Atualmente, uma média de mil crianças de 6 a 17 anos recebem aulas gratuitas de atletismo, basquete, futsal, ginástica, handebol, judô, luta olímpica, tênis de mesa e vôlei, nos turnos matutino e vespertino. A determinação também se estende para as aulas do Centro de Excelência Caixa, que funcionam no Centro de Ginástica do Amazonas Bianca Maia Mendonça, também na Vila.

Os Centros Estaduais de Convivência da Família e do Idoso também entram no ‘pacote’ do recesso, a partir do dia 03 a 10 de agosto, envolvendo as seguintes sedes: Magdalena Arce Daou (Santo Antonio), Padre Pedro Vignola (Cidade Nova), CECI Aparecida (R. Wilkens de Matos), CCF 31 de Março (Japiim), André Araújo (Raiz), Teonizia Lobo (Amazonino Mendes, Mutirão) e Maria De Miranda Leão (Alvorada).

“Os pais dos alunos já começaram a ser avisados sobre a suspensão das aulas e não teremos prejuízos quanto a programação de treinamentos, pois o cronograma de atividades já previa esse intervalo, uma vez que entendemos que esta ação vai desafogar o tráfego neste entorno”, disse a coordenadora do EIE, Lilian Valente.

Outra providência estipulada é o ponto facultativo para o quadro de funcionários, que envolve todos das praças esportivas e o administrativo da Secretaria. A concessão irá valer nos dias de semana, quando acontecerão os jogos, sendo no dia 04 (quinta-feira) e 09 de agosto (terça-feira).

“Vamos contribuir com tudo aquilo que estiver ao nosso alcance. Nesses dias de jogos não vamos ter atividades nas nossas praças e tenho certeza que os jovens, adultos e terceira idade vão atender. A comunidade já foi avisada e estamos reforçando o comunicado diariamente. Além disso, apesar do ponto facultativo, nosso quadro de funcionários estará atuando no operacional dos Jogos Olímpicos”, destacou o titular da Sejel, Fabricio Lima.

Atuação

A Sejel vai atuar nos Jogos Olímpicos com uma média de 100 profissionais. Deste total, 25 pessoas integram o quadro móvel da Arena da Amazônia e mais 75 compõe a parte da equipe de limpeza. O mesmo ‘time’, há dois meses, vem executando funções no estádio e participando de diversas reuniões, bem como treinamentos.

“Todos do quadro móvel tem experiência na administração da Arena e vão atuar na automação e operação técnica do estádio nos dias dos jogos. Essa integração vai contribuir para que tudo possa caminhar da maneira correta e responsável”, destacou o gestor da Arena, Thiago Durante.