Amazonas Notícias

Recital México acontece nesta terça-feira pelo Festival Amazonas de Ópera 

Música clássica e intercâmbio cultural: a essência do Festival Amazonas de Ópera se encontra no espetáculo “México”, um recital idealizado para conectar a musicalidade mexicana com o público brasileiro. A apresentação acontece na próxima terça-feira (16/05), às 19h, no Teatro Gebes Medeiros localizado na avenida Eduardo Ribeiro, Centro de Manaus.

O recital é executado pelos artistas Carlos Arambula como barítono, a soprano Fernanda Allande e o pianista Alain Del Real. A iniciativa surgiu a partir de uma proposta do renomado maestro Luiz Fernando Malheiro, diretor artístico do Festival Amazonas de Ópera (FAO) e regente titular da Orquestra Amazonas Filarmônica.

O 25º Festival Amazonas de Ópera é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), com patrocínio master do Bradesco e apoio cultural do Grupo Atem e da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), além da aprovação na Lei de Incentivo à Cultura.

O pianista Alain Del Real conta que recebeu a proposta com alegria. “O espetáculo é feito para oferecer um intercâmbio cultural musical para que o público do Brasil possa conhecer um pouco mais das canções representativas do México”, explica o artista mexicano que já se apresentou nos principais festivais de música clássica de seu país e atualmente é professor de Ópera na Escola Bellas Artes da Universidade Panamericana, localizada na Cidade do México.

Cultura Mexicana

As representações culturais do país são um resultado da mistura entre tradições indígenas e cultura espanhola imposta pela colonização, sendo a música clássica um importante pilar dessa construção.

“Decidi junto com os artistas apresentar canções que representam diferentes aspectos da música mexicana: além da ópera, canções de arte e canções populares. Também incluímos intervenções de piano solo porque esse instrumento foi muito utilizado em diferentes etapas da música e reflete diferentes estados emocionais historicamente falando”, conta o pianista Alain Del Real.

A intenção da obra é causar no público amazonense uma mistura de sentimentos através da música. “Queremos compartilhar nossas músicas com vocês, surpreendê-los, fazê-los chorar, rir e se apaixonar pelas melodias do nosso país”, completa Alain, em tom convidativo. 

“Apesar da distância e do idioma, nossas nações compartilham de um sentimento de alegria de viver e sobre todos os ritmos. Creio que na dança estamos um pouco mais próximos. Vocês vão poder conferir uma obra de piano que irei interpretar chamada ‘Tocatta’, que tem um ritmo eletrizante e que em uma seção simula o uso de ‘congas’ sobre o teclado”, finaliza o artista, se referindo ao instrumento de percussão.

Bradesco e a cultura

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. O banco também mantém o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às ações culturais que contam com o patrocínio da instituição. Visite em cultura.bradesco.

Fotos: Divulgação (Acervo pessoal)

Relacioandos