Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Reeducandos do CDPM 1 iniciam curso de ‘Letrista e Cartazista’

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) deu início, nesta segunda-feira (22/03), ao curso de “Letrista e Cartazista”, com 15 reeducandos do Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM 1). A qualificação está sendo oferecida em conjunto com a empresa cogestora New Life Gestão Prisional.

Na busca por um melhor aproveitamento do aprendizado e maior foco dos participantes, o curso acontecerá por uma semana de forma intensiva, com aulas pela manhã e tarde. Ao final, os internos receberão certificados com 40 horas de carga horária.

“Letrista e Cartazista é mais uma qualificação oferecida no ambiente prisional, com o intuito de preparar a pessoa privada de liberdade para o mercado profissional lá fora, como um caminho para a ressocialização. E o profissional cartazista tem sido muito procurado no comércio”, afirmou o instrutor do curso, Elton Leite.

“Supermercados, óticas, lojas, ou seja, o comércio em geral sente muita necessidade desse profissional. Pois, se forem reparar os cartazes nesses lugares não é mais aquela coisa impressa, sem graça, é tudo feito à mão com letras desenhadas, quadradas ou cursivas, que deixa um visual mais agradável aos olhos”, explicou o professor.

Entre o aprendizado estarão abertura de letras, confecção de cartazes e banners, desenhos publicitários, faixas promocionais, corte e modelagem de letras. Uma oportunidade a mais para o reeducando Yan Vieira (nome fictício), que desde que entrou para o programa de ressocialização “Trabalhando a Liberdade” já participa do seu quinto curso.

“Eu estou aqui há um ano e três meses e, desde que eu entrei para o programa, eu já consegui aprender sobre Serigrafia, Marcenaria, NR 35, Barbeiro e, agora, Letrista, que é um complemento ao de serigrafia. Eu aproveito cada oportunidade boa como essa, tanto para remir parte da minha pena, como para me dedicar a alguma coisa boa lá fora quando eu sair”, diz o reeducando.

FOTO: Divulgação/Seap

-publicidade-