Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Repórter cinematográfico do Diário do Amazonas leva dois tiros e jornalista não fica ferida

Na manhã desta quinta-feira (15), durante um assalto no bairro Coroado, zona leste de Manaus, o repórter cinematográfico do Diário do Amazonas, Renê Silva, 45 anos, levou dois tiros de assaltantes e a jornalista Natasha Pinto, que estava com o profissional no momento do ataque, não sofreu ferimentos.

De acordo com o D24AM, a equipe estava no local, por volta de 6h50 fazendo uma reportagem quando dois homens não identificados, em uma motocicleta, chegaram e anunciaram o assalto levando os celulares dos profissionais.

Nesse momento, a equipe tentou anotar a placa e os bandidos reagiram. Durante o crime um dos bandidos atirou duas vezes atingiu o tórax e mão do cinegrafista Renê. Os criminosos fugiram pela Avenida Cosme Ferreira no sentido Centro.

Uma testemunha ofereceu ajuda e levou a equipe até o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na zona leste de Manaus.

O estado de saúde de Renê Silva é estável e ele passou por cirurgia. A repórter não teve ferimentos.

-publicidade-