Rio Preto da Eva – Primeiros vacinados sentem alívio e realização ao receberem primeira dose contra Covid-19

Os primeiros vacinados contra a Covid-19 no mutirão “Vacina Amazonas”, realizado neste sábado (03/07), em Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus), foram Osvaldo e Dayne Fontes, um casal, ambos com 33 anos, imunizados no Posto de Combustíveis, localizado na entrada da cidade, que está funcionando na modalidade drive-thru.

Após receberem a primeira dose, eles relatam o sentimento de realização e alívio. “O sentimento é de realização, porque está todo mundo aguardando por essa vacina já faz algum tempo. Que todas as pessoas possam proteger as famílias delas, e as pessoas que também querem ter saúde venham se vacinar”, comentou Dayne.

Osvaldo espera melhorar a vida e o comércio com a vacina. “O sentimento de se vacinar é de alívio. Isso é uma ajuda para a gente combater esse vírus. Com a pandemia pararam muitas coisas, mas agora vai melhorar”, confia.

O agricultor Itamar Morais, de 42 anos, foi o primeiro vacinado entre os motoqueiros do município. Para ele a vida vai ficar melhor após esse mutirão. “Eu espero uma vida melhor com a vacina. Com todo mundo se vacinando vai ficar muito melhor”, aposta Itamar.

Mutirão – A vacinação no município ocorrerá ao longo de nove horas ininterruptas, entre 8h e 17h, em postos montados em três pontos: no Ginásio Dayson Siqueira, situado no centro da cidade; Ginásio Pedro Ferreira, localizado no Residencial Sebastião Ferreira da Costa; e no ponto entre a Rodoviária e o Posto Equador, na entrada de Rio Preto da Eva, sendo este último exclusivo para sistema drive-thru.

Documentos – Para se vacinar é necessário que o interessado resida no município, tenha 25 anos, já completados ou mais, e apresente, obrigatoriamente, um documento oficial com foto com o número do RG, CPF, comprovante de residência (original e cópia), cartão do SUS e Cartão de Vacina.

“Vacina Amazonas” – Este é o sexto mutirão da campanha “Vacina Amazonas” já realizado no estado, sendo o quarto feito em um município do interior desde junho deste ano. Além de Rio Preto da Eva, foram feitos mutirões em Manaus, Novo Airão, Manacapuru e Parintins. A ação mais recente ocorreu em Manaus, entre terça (29/06) e quarta-feira (30/06), atingindo a marca de 58.534 doses aplicadas durante 24 horas de viradão.

FOTO: Arthur Castro/Secom