Rocam prende sete envolvidos com o tráfico e recaptura dois foragidos em Manaus

A operação seguiu determinação do secretário de Segurança, Coronel Amadeu Soares, de montar uma ofensiva em áreas com registros de ocorrências e alto número de denúncias da população

Policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) prenderam sete homens envolvidos com o tráfico de drogas e recapturaram dois presos foragidos do Centro de Detenção Provisória (CDPM2) durante operação realizada na manhã desta terça-feira (16/10) nos bairros da União, na zona centro-sul, e no Igarapé do Quarenta, no bairro Japiim, zona sul. Na ação policial, cinco armas de fogo, mais de 120 munições e diversas porções de entorpecentes foram apreendidas.

A operação seguiu determinação do secretário de Segurança, Coronel Amadeu Soares, de montar uma ofensiva em áreas com registros de ocorrências e alto número de denúncias da população. A polícia chegou aos criminosos a partir de denúncias anônimas feitas através do WhatsApp da Rocam pelo telefone (92) 99280-7574. Esta é a segunda operação de grande porte em bairros da zona sul em menos de cinco dias.

Conforme o secretário de segurança, a informação era de que a população estaria sendo coagida por membros do tráfico de drogas. “Nós não daremos trégua aos criminosos e seremos intransigentes com esse tipo de atitude. É essa a determinação do governador e nós iremos cumprir à risca. Esses criminosos que foram presos possuem uma extensa ficha criminal e serão recolhidos ao sistema prisional para que a população do Amazonas possa ter paz”, ressaltou Soares.

Durante as incursões da Rocam, foram presos Ítalo Barroso de Lima, 21, Oyama da Silva Mendes Junior, 22, Patrick de Castro Barroso, 24, Anderson Souza de Jesus, 23, Kennedy Lima Pinto, 18, Jhonata Jadson do Nascimento Barroso, 21, e Marlon Duarte da Silva, 24. No bairro da União, os policiais recapturaram os foragidos Cleiton Leal de Alencar, 21, e Francisco Lima da Silva, 32.

O Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Cláudio Silva, ressaltou que a parceria entre sociedade e a polícia contribui para prisões de infratores que incomodam os bairros. “É mais uma sequência na Operação Águia, agora integrada com a Polícia Civil, para poder saturar e na saturação fazer a prisão desses cidadãos infratores”, completou. O Delegado-Geral da Polícia Civil do Amazonas, Frederico Mendes, também participou da coletiva.

Durante a ação coordenada pelo comandante da Rocam, Tenente Coronel Bruno Azevedo, foram apreendidas uma arma caseira e cinco armas de fogo: um revólver calibre 38, duas pistolas 380, uma espingarda calibre 12 e uma submetralhadora. Entre as munições, 50 unidades de 9mm, 50 munições de 380, 11 munições de PT 40 e 12 munições de calibre 12.

Houve também apreensão de drogas. Durante as abordagens, os policiais apreenderam com os presos 19 pinos de cocaína, 56 trouxinhas de maconha e 30 trouxinhas de oxi.