Take a fresh look at your lifestyle.

Romero visita Comunidade Julião na zona rural de Manaus

-publicidade-

O candidato a prefeito de Manaus pelo partido NOVO, Romero Reis, visitou neste domingo pela manhã (04), a Comunidade Julião, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, zona Rural de Manaus, para conhecer a realidade dos ribeirinhos que estão esquecidos pelo poder público.

Na comunidade, que está localizada às margens do rio Tarumã-Mirim, vivem cerca de 70 famílias, que tem como principal atividade de geração de renda, a agricultura. Os moradores fizeram várias queixas para o candidato que tem vasta experiência como gestor da iniciativa privada, como a falta de atendimento médico no posto de saúde, energia elétrica irregular e dificuldade de acesso.

O posto de saúde funciona de forma improvisada numa casinha de madeira, mas não conta com profissionais de saúde que façam atendimento regular.

“A principal necessidade é a saúde que é um posto (de saúde) decente. Quando dá na telha eles (prefeitura de Manaus) vem aqui. Nós temos muitos idosos que precisam de atendimento médico e que têm vários problemas de saúde, então, eles têm que ir pro Livramento (comunidade) fazer seus exames. Como estamos na seca (vazante), fica mais difícil o acesso”, relatou o comunitário Adonias, conhecido como Branco.

A técnica de enfermagem Zuleide Gonçalves, que mora na comunidade com sua família, também reclamou da falta de atenção das autoridades aos moradores da zona rural. “Nós precisamos do apoio de uma pessoa que venha nos ajudar, porque na comunidade temos pessoas de todo o jeito, pessoas que fazem tratamento de câncer, por exemplo, por isso precisamos de melhoria no posto. Os outros candidatos não vêm aqui. Temos que ajudar quem conhece as necessidades dos ribeirinhos”, pontuou.

Romero andou pela comunidade e apresentou seu plano de governo para a prefeitura de Manaus. “A gente veio conhecer as necessidades da comunidade Julião, que pertence a área rural de Manaus, e que está esquecida pelo poder público. Já identificamos que o posto de saúde precisa funcionar, incentivar o turismo local, trazer assistência técnica agrícola e acima de tudo fazer com que a Marina do Davi (ponto de acesso de barco das comunidades rurais de Manaus) seja reestruturada, proporcionando dignidade para as pessoas que precisam se transportar de Manaus até aqui, vice-versa”.

Romero, nascido no interior de São Paulo, lembrou que foi criado na zona rural, com seus pais que sequer tiveram a oportunidade de concluir o ensino fundamental. Ele ressaltou a importância da educação como agente de transformação social que lhe deu oportunidade de mudar a sua história de vida.

-publicidade-