Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Rota da Gratidão: mães doadoras de leite são homenageadas

Na semana que se celebra a Doação de Leite Materno, mães doadoras estão sendo homenageadas pelos Bancos de Leite do Amazonas (BLH-AM), da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio da iniciativa “Rota da Gratidão”. Nesta terça-feira (18/05), doadoras do Banco de Leite Humano da Galileia, da Maternidade Azilda Marreiro, foram agraciadas com certificados e brindes entregues pela equipe da unidade.

A “Rota da Gratidão” aproveitou o mesmo trajeto usado para a coleta diária de leite nas residências das doadoras, mas, desta vez elas receberam um incentivo a mais para seguir colaborando a salvar a vida de bebês e também para que possam servir de exemplo para outras mães.

Um desses exemplos de incentivo é Dayane Viana da Silva, que se tornou doadora pela segunda vez e faz questão de mostrar para as amigas a importância de participar do projeto.

“Já é a segunda vez que estou doando e fico feliz de fazer parte desse projeto de doar leite. Da outra vez eu doei por um ano e três meses. Eu pretendo ficar por bastante tempo porque é gratificante. É uma coisa que vem de graça para nós e a gente faz questão de doar. Eu incentivo, posto fotos minhas amamentando e coletando para incentivar as mães”, disse a doadora.

Outra homenageada, Thalitta Pinto da Costa, esclarece que um dos medos das mães de que a produção de leite pode diminuir, na realidade aumenta com a doação. “Não diminui a produção de leite. Eu tinha muito medo de diminuir a minha produção. Na verdade só aumentou”, contou.

Ela destaca que é gratificante poder ajudar outras mães a amamentar, assim como faz com a filha de três meses.

“Uma das maiores preocupações quando a gente se torna mãe é se a gente vai conseguir amamentar nosso bebê. Então, assim, o fato de eu poder amamentar ela e conseguir ajudar outras mães é extremamente recompensador. Eu imagino o quanto elas sofrem, querendo poder fazer isso e a gente pode ajudar e tem que ajudar”, destacou Thalitta.

Incentivo – A enfermeira Ana Hilda Brito, coordenadora do Banco de Leite da Galileia, diz que essa iniciativa ajuda a aumentar o estoque de leite da unidade que hoje está com 21 litros armazenados, porém, ela ressalta a necessidade de expansão por conta do atendimento diário dos bebês da unidade e os que estão na unidade de terapia intensiva neonatal (UTIn).

“A gente sempre precisa estar trabalhando com o estoque aumentado. Então, o objetivo desta semana é a gente fazer essa divulgação para que as pessoas, a população, a sociedade possa estar ciente de quem pode ser doadora de leite. Mulheres que estão amamentando, saudáveis, que estão produzindo mais do que seu bebê consegue consumir podem se tornar uma doadora. Basta ligar para os Bancos de Leite, qualquer um, e fazer sua inscrição que a gente vai na casa dela”, disse a coordenadora.

BLH da Maternidade Galileia

Posto de Coleta de Leite Humano Sophia Rocha Rodrigues – HUFM

Rua Camapuã, 108, Cidade Nova II

Manaus – CEP 69097-720

Tel.: (92) 3649-2750

BLH da Maternidade Ana Braga

Posto de Coleta de Leite Humano da Maternidade Ana Braga

Alameda Cosme Ferreira, s/nº, São José

Manaus – CEP 69083-000

Tels.: (92) 3647-4235 e (97) 9485-0796

BLH Fesinha Anzoategui – Maternidade Balbina Mestrinho

Posto de Coleta de Leite Humano – Maternidade Balbina Mestrinho

Rua Duque de Caxias, 1.142, Praça 14

Manaus – CEP 69020-140

Tel.: (92) 3182-4500 – Fax: (92) 3182-4546

FOTO: Rodrigo Santos/SES-AM

-publicidade-