As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Sábado é dia de limpar o planeta

App criado para gerenciar problemas de zeladoria cria ferramenta pontual para monitoramento das ações do Dia Mundial da Limpeza

Durante 36 horas, no próximo sábado (21), o planeta inteiro participará de ações para coleta de lixo e conscientização sobre o descarte irregular. No Brasil, das 0h até as 23h59 (horário de Brasília) o aplicativo de zeladoria municipal QZela vai disponibilizar uma ferramenta exclusiva para apoiar a ação realizada por grupos em todo o País.

Trata-se do Dia Mundial da Limpeza, que acontece em mais de 150 países simultaneamente. No Brasil, já são mais de 1200 grupos cadastrados para limpar rios, mares, ruas, calçadas, parques e áreas naturais. O objetivo da iniciativa mundial, originalmente chamada de World Cleanup Day, é uma espécie de “onda verde” de limpeza no planeta, que vai começar na Nova Zelândia e terminar 36 horas depois, no Havaí.

Líderes de ações no Brasil foram convidados a baixar o App QZela e incentivar os voluntários a fazerem o mesmo. Com o cadastro realizado, os participantes poderão reportar locais de acúmulo de lixo encontrados em seu caminho, usando o próprio celular.

Recém lançado nas plataformas Google Play e Apple para que o próprio cidadão gerencie de questões de zeladoria municipal, o QZela oferece um mapeamento da área onde está o usuário, e abre a possibilidade de reportar problemas. O munícipe faz o seu registro e envia a ocorrência de forma anônima, tudo em menos de 20 segundos.

Em seguida, essa informação é reunida em um banco de dados que utiliza inteligência artificial para categorizar os problemas de zeladoria das cidades e emitir relatórios detalhados, documentados e classificados por tipo, criticidade, cronologia e geolocalização.

Para colaborar com as interações de usuários durante o Dia Mundial da Limpeza, a equipe de tecnologia de QZela desenvolveu um ícone exclusivo para a data, disponibilizado das 0h até as 23h59 do dia 21. “O objetivo é facilitar o uso do App, garantindo mais agilidade e segurança para os participantes”, explicou Edson Rocha, CIO da startup.

A cada interação, o usuário acumula “qzelas”, uma pontuação que pode ser convertida em prêmios. Vale cadastrar também outros problemas da cidade, como buracos nas vias e calçadas, galhos caídos, fios soltos, iluminação precária ou faltante, vandalismo, vazamentos, veículos abandonados, obstrução de passagem, entre outras categorias que representam mais de 400 situações diferentes.

Todo apoio é bem-vindo

O movimento pela limpeza do planeta conta com auxílio da tecnologia para divulgação, incentivando líderes, voluntários e apoiadores a compartilhar as informações em suas próprias redes sociais. Patrocínios vêm de todas as formas: há quem contribua com água mineral (alertando para o descarte consciente das embalagens, é claro), sacos de lixo, luvas, transporte, alimentos para os participantes, confecção de camisetas e bonés, entre outros produtos e serviços. É o caso da Lindoya Verão, que vai enviar garrafinhas de água com a hashtag do evento #LixoNoChãoNão. “O problema não é só o plástico, mas o que se faz com o lixo que produzimos, e a própria cultura do consumo”, alerta a organizadora do evento, Edilainne Muniz, do Instituto Limpa Brasil.

Como participar

Adultos e crianças podem participar do Dia Mundial da Limpeza individualmente ou em grupos, como ONGs, institutos, cooperativas, associações, escolas e comunidades em geral, em caráter apolítico. Crianças acompanhadas de responsáveis terão instruções específicas para evitar certos tipos de coleta que ofereçam perigo: frascos de bebida, bitucas de cigarro, materiais pesados, etc. Para consultar uma ação existente em sua cidade, acesse o site do Instituto Limpa Brasil e participe desta iniciativa. É só um começo? Sim, mas tudo começa por algum lugar.

QZela é um aplicativo brasileiro desenvolvido por Westars TG

A tecnologia funciona para celulares Android e Apple, e reúne dados processados por Inteligência Artificial para criar uma ferramenta de Business Intelligence integrada a sistemas de zeladoria urbana de gestores públicos e privados. Para o cidadão, o aplicativo é gratuito e os registros são anônimos. QZela está operante há um mês e já é possível mapear as ocorrências por região, cronologia, criticidade e categoria.

você pode gostar também